Home Comprar ou Vender IRB(RE): Investidor prefere ver “copo meio cheio” e ação decola 11%

IRB(RE): Investidor prefere ver “copo meio cheio” e ação decola 11%

O grupo ressegurador teve lucro líquido de R$ 20,1 milhões revertendo resultado negativo de R$ 373,3 milhões sofrido um ano antes

por Gustavo Kahil
0 comentário
IRB 3

As ações do IRB(RE) (IRBR3) decolam 11%, a R$ 44,05, nesta quarta-feira (16) com os investidores preferindo olhar o “copo meio cheio” e não a parte vazia do balanço do segundo trimestre de 2023 divulgado pela resseguradora na véspera.

O grupo ressegurador teve lucro líquido de R$ 20,1 milhões e reverteu o resultado negativo de R$ 373,3 milhões sofrido um ano antes. A companhia reduziu o índice de sinistralidade em 50,6 pontos percentuais no segundo trimestre, para 73,6%.

Entretanto, os prêmios emitidos caíram 17,2% no período, a 1,39 bilhão de reais, pressionados pelo segmento patrimonial no Brasil (-13,2%), enquanto o rural foi o único a mostrar avanço no período, de 28,1%.

Para o Citi, o balanço parece ter sido o suficiente. Os analistas elevaram a sua recomendação de venda para neutra e o preço-alvo de R$ 25 para R$ 40. Segundo eles, a “redução do risco de capital dá menos razões para serem vendedores dos papéis da resseguradora”.

IRB 4
“O IRB está encolhendo, com prêmios significativamente menores”, alerta o BTG (Imagem: Reprodução/ Linkedin/ IRB)

O Inter Research também apontou “sinais de inflexão”.

“Apesar do benefício fiscal por conta de prejuízos passados ter beneficiado o lucro, vimos um bom desempenho operacional, que trouxe boa tendência na sinistralidade, com a redução das despesas com sinistros tanto no Brasil quanto no exterior, que compensaram a queda nos prêmios emitidos”, aponta o analista Matheus Amaral.

Ele subiu a recomendação de venda para neutra, com preço-alvo mantido em R$ 36 para o final de 2023.

Copo “meio vazio”

Outra parte do mercado, contudo, continua cauteloso com os papéis, como no caso do BTG Pactual, que reiterou a recomendação de venda.

“O IRB está encolhendo, com prêmios significativamente menores, o que é ruim para os números de subscrição (principalmente diluição de custos) e porque prejudica sua capacidade de gerar, reinvestir prêmios e gerar resultados financeiros”, destacam os analistas Eduardo Rosman, Thiago Paura, Ricardo Buchpiguel e Vitor Melo.

Além disso, com a taxa Selic em queda, não projetamos uma recuperação rápida na linha de resultados financeiros. “O balanço melhorou, em termos de capital e provisões técnicas, graças aos lucros e ao encolhimento do IRB”, apontam. O preço-alvo projetado para as ações é de R$ 40.

A Genial Investimentos recenhece uma evolução construtiva nos resultados, mas ainda vê muitas dúvidas na trajetória e na rentabilidade normalizada da resseguradora que são insumos para a avaliação da resseguradora.

“De qualquer forma, estamos melhorando de maneira relevante o preço alvo do IRB, saindo de R$ 28,2 para R$ 35, reduzindo a taxa de desconto para fatorar uma entrega agora mais concreta da reestruturação da companhia e melhorando nossas estimativas de longo prazo”, aponta o analista Eduardo Nishio. A recomendação foi mantida em venda.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.