Jovem de 17 anos vende startup para o Yahoo! e fatura US$ 30 milhõesFoi divulgada essa semana a compra, pelo Yahoo!, da startup do garoto londrino de 17 anos Nick D’Aloisio. O valor do negócio não foi divulgado, mas estima-se que a transação chegue a US$ 30 milhões.

Nick aprendeu a programar aos 12 anos e aos 15 anos criou o Summly, um aplicativo mobile que possui um algoritmo que faz uma pesquisa de notícias na web que o usuário deseja ler e transforma textos longos em tópicos.

Nesse pouco tempo de fundação, a empresa já recebeu recursos dos fundos Horizons Ventures, betaworks e também aportes dos investidores anjos Brian Chesky, CEO e fundador do Airbnb, e Mark Pincus, CEO e fundador do Zynga. Esses aportes chegaram ao valor de US$ 1,53 milhões.

Nick se juntará ao Yahoo!
Após a venda, como parte do acordo o app será retirado da iTunes Store e o jovem Nick passará a integrar o time de desenvolvimento mobile do Yahoo! no escritório de Londres (ele vive em Wimbledon). No futuro, a tecnologia do Summly deverá retornar integrada a outros produtos da companhia.

Além do novo serviço, o passo do Yahoo! é interessante, pois também terá em seu time um jovem talento bastante admirado. Com pouca idade, Nick já se é considerado um exemplo de empreendedorismo e criatividade, o que certamente fará muito bem à empresa.

Mudanças no Yahoo!
Essa aquisição, a terceira realizada em poucos dias, faz parte de uma nova estratégia da empresa, que passa por grande reformulação desde a chegada de Marissa Mayer, ex-Google. A primeira compra foi a startup Stamped, baseada em Nova York e que tem um app que permite que os usuários gravem e compartilhem recomendações.

A segunda aquisição foi a da startup Jybe, que tem um aplicativo que ajuda pessoas a se conectarem por meio de seus gostos e recomendações sobre comidas ou livros, por exemplo.

Outro assunto muito discutido nestes dias foi o fato de Marisa abolir o trabalho em casa. O chamado “home office” não será adotado pelos colaboradores do Yahoo!. Outras empresas, como a Best Buy, seguiram o mesmo caminho e também anunciaram o fim do trabalho em casa.

De positivo para o Yahoo! está o fato de a companhia voltar a estar presente nas pautas jornalísticas com notícias interessantes, e não apenas falando dos resultados abaixo do esperado ou da saída de executivos da empresa. Só por esse motivo, a chegada de Marissa Mayer já dá sinais de que novas mudanças acontecerão e podem ser positivas.

O que você acha dessa história toda? O que dizer do garoto de 17 anos que ficou milionário com sua criação? E o fim do “home office”, você concorda com a medida? Participe, deixe seus comentários no espaço abaixo. Até a próxima.

Fonte: R7. Foto: divulgação.

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários