Juros do cheque especial chegam a 138,5% ao anoUsar o cheque especial não tem nada de “especial”. Como uma das linhas de crédito mais caras do mercado, o cheque especial não é complemento de renda e quem o aproveita tem bons motivos para parar de usa-lo imediatamente.

De acordo com dados divulgados pelo Banco Central (BC) nesta terça-feira (26), a taxa de juros do cheque especial para consumidores voltou a subir. A taxa média fechou fevereiro com a marca de 138,5% ao ano, anotando alta de 0,5 ponto percentual em relação a janeiro.

A taxa vinha da estabilidade, quando em janeiro o valor se igualou ao de dezembro do ano passado. No entanto, os números dos últimos meses ajudaram a quebrar um processo de queda iniciado em abril de 2012, quando saiu de 170,1%, em março, para 163,2% ao ano.

Quanto ao empréstimo pessoal, a notícia também não é das melhores. A taxa do crédito pessoal, desconsideradas operações consignadas em folha, subiu ao passar de 68,1% em janeiro para 69,8% ao ano em fevereiro. No caso do crédito consignado, houve alta de 0,2 ponto percentual, para 24,7% ao ano.

A única estabilidade no período ficou por conta da taxa de juros do crédito para compra de veículos, já que os 20,5% ao ano registrados em janeiro permaneceram no mês seguinte.

Planejamento financeiro é indispensável

As caras linhas de crédito do país exigem, mais do que nunca, um planejamento financeiro rigoroso, que evita todas as inúmeras formas de endividamento e promove o consumo consciente.

Quer acabar com as dívidas? A renegociação de dívidas é uma solução inteligente, pois muitas vezes o consumidor consegue trocar uma dívida cara por uma dívida mais barata. Sobretudo, a análise da situação e a negociação com instituições financeiras são importantes para encontrar respostas mais vantajosas a sua situação econômica.

O planejamento financeiro não só possibilita a eliminação de dívidas, como também fornece um caminho para encontrar riqueza e liberdade. Seja criando uma reserva de emergência ou ainda cortando gastos supérfluos e desnecessários, você obtém uma grande quantidade de informações ao dedicar tempo ao seu orçamento.

Cuidar bem do seu dinheiro continua sendo a melhor maneira de ficar rico.

Mantenha-se informado

O Dinheirama publica artigos que auxiliam você a criar um planejamento financeiro, segui-lo e encontrar um caminho que seja livre de cheque especial, compras a prazo, financiamentos, empréstimos e etc. Pensando na estrutura de todo nosso conteúdo, marcamos nossos textos com tags que facilitam a navegação pelos mais de 1.600 artigos publicados no site.

Comece sua leitura navegando por algumas de nossas tags:

Fonte: R7. Foto de freedigitalphotos.net.

Willian Binder
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários