Home Empresas Justiça dos EUA libera à Gol parcela inicial de empréstimo de US$ 950 mi

Justiça dos EUA libera à Gol parcela inicial de empréstimo de US$ 950 mi

Nas próximas semanas, a Gol buscará junto à Justiça dos EUA liberação de todo o financiamento concedido por credores à companhia aérea

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/Facebook/Gol)

A companhia aérea Gol (GOLL4) anunciou nesta segunda-feira que a Justiça dos Estados Unidos, onde corre seu processo de recuperação judicial, aprovou o acesso provisório à empresa de parcela inicial de um empréstimo de 950 milhões de dólares.

A liberação permitirá à empresa seguir operando “normalmente”, informou a empresa, sem divulgar o valor da parcela inicial.

“Com a aprovação, a Gol honrará todos os compromissos com parceiros de negócios e fornecedores de bens e serviços prestados a partir da data de início do processo em 25 de janeiro de 2024, além do pagamento de salários” aos trabalhadores, afirmou a empresa em fato relevante ao mercado.

As ações da companhia aérea desabavam mais de 16% quando foram suspensas diante da iminência da publicação do fato relevante.

Nas próximas semanas, a Gol buscará junto à Justiça dos EUA liberação de todo o financiamento concedido por credores à companhia aérea.

O financiamento de 950 milhões de dólares foi acertado pela empresa na modalidade “debtor in possession” (DIP) por membros do chamado “Grupo Ad Hoc de bondholders da Abra”, holding que reúne as operações da Gol com a colombiana Avianca, e outros detentores de títulos de dívida da Abra.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.