Home Comprar ou Vender Kinea vê risco político em Petrobras, Vale e busca exterior

Kinea vê risco político em Petrobras, Vale e busca exterior

"Consideramos que, no momento, a renda variável permite exposição a diversos temas micro não correlacionados", disse a Kinea

por Gustavo Kahil
0 comentário
Petrobras

A gestora Kinea, do Itaú, reduziu o posicionamento à bolsa brasileira como reflexo de novos sinais de intervenção do governo na Petrobras (PETR3; PETR4) e Vale (VALE3), com parte do risco transferido para bolsas internacionais.

Segundo uma carta mensal, a Kinea está “construtiva” em setores como utilidades públicas e bancos, “mas diante de oportunidades mais claras no exterior consideramos adequada essa realocação de risco”.

“Consideramos que, no momento, a renda variável permite exposição a diversos temas micro não correlacionados, os quais permitem a construção de um portfólio adequadamente diversificado em diferentes temas de investimento”, aponta o documento.

A Kinea destaca as ações de semicondutores, como TSMC (TSM; TSMC34), ligadas ao crescimento de aplicações para inteligência artificial e recuperação do ciclo de manufatura global.

“Na parte cíclica do portfólio, também estamos comprados no setor industrial e durante o mês aumentamos nossa exposição ao setor aeroespacial em empresas como Embraer (EMBR3), Rolls-Royce, Safran e GE”, apontam.

Já na parte mais defensiva do portfólio, continua comprada no setor de saúde, principalmente nos subsegmentos de biotecnologia, equipamentos médicos e laboratoriais, onde há boas oportunidades de crescimento e recuperação.

“Particularmente em biotecnologia, o setor está descontado em relação ao seu histórico, com boas possibilidades de crescimento orgânico e aceleração de M&A em um cenário de cortes de juros e maior acesso a financiamento”, revela a Kinea.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.