Home Comprar ou Vender Lado “estatal” da Tupy mostra seu peso com indicações inexperientes do BNDES ao Conselho

Lado “estatal” da Tupy mostra seu peso com indicações inexperientes do BNDES ao Conselho

Banco indicou para conselheiros a ministra da Igualdade Racial, Anielle Francisco da Silva, e o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi

por Gustavo Kahil
0 comentário
Tupy 6

A indicação do BNDES de dois nomes sem experiência alguma no setor de autopeças para o Conselho de Administração da Tupy (TUPY3) mostra que a saída do banco de investimentos estatal ainda está distante, avaliam analistas após o anúncio feito pelo maior acionista da empresa catarinense.

Com 28% das ações da multinacional do setor de metalurgia, que produz componentes estruturais em ferro fundido de elevada complexidade geométrica e metalúrgica, o BNDES apontou a ministra da Igualdade Racial, Anielle Francisco da Silva, e o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi.

Eles entram no lugar de Carla Gaspar, funcionária de carreira do BNDES há mais de 20 anos e-ex gerente na área de infraestrutura, e de Fábio Rego Ribeiro, engenheiro de produção e head de private equity do BNDES.

“O conselho de administração da Tupy é composto por 9 integrantes. Dessa forma, as duas indicações não teriam poder para ditar o rumo da companhia. Contudo, o risco de más decisões serem tomadas aumenta. Espero reação pouco negativa a notícia”, explica Mateus Haag, Guide Investimentos.

Após abrir em forte queda, as ações da Tupy terminaram a sessão de segunda-feira (28) com desvalorização de 1,92%.

“Para nós a notícia é negativa, nos mostrando que a saída do BNDES como o principal acionista da companhia ainda está distante”, ressalta a Genial Investimentos.

Já a Ágora Investimentos lembra que as nomeações “podem levantar preocupações do mercado sobre possíveis mudanças na estratégia da empresa”.

Veja o documento:

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.