Caro leitor, você sabia que além da poupança existem outras opções de investimentos também isentas de Imposto de Renda, que tem a mesma segurança, mas com rentabilidades muito maiores? É isso mesmo e estou falando das Letras de Crédito, mais conhecidas pelas siglas LCI e LCA.

As Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito Agrário (LCA) são títulos privados de renda fixa lastreados em crédito imobiliário e no mercado de agronegócio que você pode adquirir e cuja rentabilidade não está sujeita a tributação (pelo menos por enquanto).

O funcionamento se dá da seguinte forma: você compra títulos da instituição financeira, isto é, empresta dinheiro para o banco e esse dinheiro é destinado ao financiamento do setor imobiliário e/ou agrário. Todo título tem um vencimento e no final desse prazo você recebe o valor aplicado com os juros que são definidos no momento da compra.

Todo investimento de Renda Fixa tem sempre um indicador que vai determinar a rentabilidade e no caso de LCI e LCA este indicador é o CDI. Há uma página com recomendações de LCI e LCA que explica melhor e mostra oportunidades neste sentido (clique e veja).

E o que tudo isso tem a ver com crises?

Tudo a ver. Quando um país como o Brasil está em crise, é normal a inflação subir bastante; com isso, o principal mecanismo para conter a inflação é aumentar a taxa Selic, nossa taxa básica de juros, e o CDI sempre acompanha a Selic.

Hoje, por exemplo, nosso CDI está acima de 13% aao ano e, dependendo do prazo, com LCI e LCA você pode conseguir um retorno superior a 100% do CDI, isto é, um retorno líquido de 1,10% ao mês ou mais, visto que este tipo de investimento é livre de Imposto de Renda. Muito bom, não acha?

E o risco das LCI e LCA, como funciona?

O risco é considerado bem baixo, e explico: caso a instituição financeira que emitiu o título quebre e não tenha condições de devolver seu dinheiro investido, você conta com a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), que protegê-lo em até R$ 250 mil, isto é, o FGC devolverá o dinheiro que você emprestou ao banco (até R$ 250 mil).

Acredito que existe apenas uma desvantagem nas aplicações em LCI e LCA que é a questão da liquidez. Se você comprar um título com vencimento em um ano, vai ser muito difícil resgatar qualquer quantia antes desse prazo. Note que esse tipo de aplicação exige planejamento e nada de aplicar aquele dinheiro da reserva de emergência ou do curtíssimo prazo.

Que tal? Não fique de fora, clique aqui para receber um excelente material gratuito sobre LCI e LCA e faça o seu dinheiro render mais! Um grande abraço e até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pela Rico.com.vc, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Foto “Investment”, Shutterstock.

Caroline Guedes
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários