Que legado você deixará para seus filhos? Casa, apartamento, uma previdência privada, uma quantia na caderneta de poupança e outros produtos que o mercado de investimentos oferece nesse sentido. É comum ouvirmos os pais falarem sobre a intenção em formar um bom patrimônio para seus filhos.

Errado? Claro que não! Pensar no futuro dos filhos e relacioná-lo com o lado financeiro é importante. É a parte tangível, numérica e de certo modo uma meta até fácil de ser atingida.

Agora, pergunto para você: e o que ficará guardado na memória de suas crianças quando elas forem adultas? Quais sentimentos serão mobilizados quando se lembrarem de você? Minha intenção nesse artigo é falar sobre essas heranças.

Aspectos essenciais ligados à riqueza do universo dos sentimentos, dos valores e sobre as formas de viver a vida. O intangível, a riqueza dos exemplos e do olhar que acolhe. O abraço e o colo que consola. A frustração que dói, mas que também cura e direciona.

Pense no aporte de carinho, amor e atenção! A qualidade das relações construídas ao longo dos anos, principalmente na primeira infância, são fundamentais para um futuro seguro emocionalmente. Estar próximo para compreender as necessidades afetivas dos filhos contribui para que elas se desenvolvam com equilíbrio e segurança.

Dizer “Não” na hora certa

Saber dizer “Não” para que eles trabalhem seu nível de tolerância à frustração. Sugiro uma reflexão: você fica à vontade ao tomar essa atitude? Pense. Quando o não é contextualizado, quando sua ação é conduzida com amor, segurança e consciência ela contribuirá para fortalecer seus filhos.

Afinal, a vida frequentemente trará outros “Nãos” para os filhos! Negativas serão ouvidas sem doçura, assim é melhor prepará-los para tornarem-se resistentes frente essas experiências, concorda?

Honestidade, ética e profissão

Seu modo de conduzir o cotidiano é referência para que os filhos construam seus valores morais. Falo da honestidade, da importância da amizade sincera, da ética, do respeito ao próximo e da diversidade. A conversa sincera promove o despertar da consciência – como pais, somos promotores dessa educação moral.

O olhar atento dos pais encaminha a vida profissional dos filhos. Perceber desde pequeno quais são seus talentos e necessidades, lapidar o dom, oferecer oportunidades onde ele possa se conhecer melhor, através de uma educação que colabore para o despertar de suas potencialidades, já pensou nisso?

O fundamental é saber que a carreira é a realização do propósito dos filhos! Você orienta, direciona, mas tem que tomar cuidado para não projetar seus desejos em seus filhos – um erro ainda comum em muitas famílias.

Patrimônio afetivo

A construção desse patrimônio afetivo e intelectual possibilitará que seus filhos entendam a complexidade da vida e se posicionem diante dos desafios com sabedoria. Através deles, também serão capazes de gerir seu patrimônio financeiro com equilíbrio e transmitirão esses comportamentos para seus descendentes.

E, quando eles forem adultos, terão a certeza de que seus pais sempre serão um porto seguro para onde poderão voltar quando quiserem partilhar alegrias ou recuperar as forças em momentos difíceis.

Esse é um legado imensurável para toda a vida, não acha? E você, qual o legado que recebeu dos seus pais? Os aspectos abordados aqui fazem sentido para você? Deixe seu ponto de vista no espaço abaixo! Abraço e até mais!

Foto handing key, Shutterstock.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários