Home Empresas Leilão de petróleo dos Campos de Mero e Búzios é alterado

Leilão de petróleo dos Campos de Mero e Búzios é alterado

O leilão será realizado na sede da Bolsa de Valores (B3), em São Paulo, em julho

por Agência Gov
3 min leitura

A Pré-Sal Petróleo (PPSA), estatal vinculada ao Ministério de Minas e Energia (MME), alterou nesta terça-feira (25/6) o edital que regulamenta o leilão de 33 milhões de barris de petróleo da União.

Marcado para 31 de julho, o certame comercializará toda a produção estimada de 2025 dos Campos de Mero e Búzios considerados os maiores produtores de petróleo da União.

Originalmente, as empresas só poderiam se candidatar individualmente ou em consórcio, agora será possível se inscrever também como um conjunto de empresas.

“O Governo Federal deve arrecadar mais de R$ 13 bilhões com este leilão, gerando mais desenvolvimento do país, oportunidades de emprego e, consequentemente, melhorias na vida de brasileiras e brasileiros”, destaca o ministro.

Além disso, houve uma adequação técnica na fórmula de preço, que unificou a medição dos barris a 60º F, como é feito internacionalmente.

O leilão será realizado na sede da Bolsa de Valores (B3), em São Paulo, em julho.

No dia, serão leiloados separadamente três lotes de petróleo dos Campos de Mero (dois deles com quantidades estimadas de 10 milhões de barris e um de 10,5 milhões de barris) e um de Búzios (com quantidade estimada de 2,5 milhões de barris).

*Com informações da PPSA

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.