Livro: Investindo em Ações com Estratégia e DisciplinaLivro: Investindo em Ações com Estratégia e Disciplina
Autor: Carlos A. H. Brum
Editora: Ciência Moderna
Páginas: 272
Preço médio: R$ 54,00
Livro 100% nacional!
[Compre o livro no Submarino. Clique aqui]

O autor do livro, Carlos A. H. Brum, é um experiente investidor e profissional do mercado de capitais. Economista, já atuou como diretor da Apimec-Sul (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais), diretor da Bradesco Corretora e como professor de Finanças e Mercado de Capitais. Seu sólido currículo é o primeiro grande atrativo do livro – o autor conhece muito bem o assunto. O livro “Investindo em Ações com Estratégia e Disciplina” vem completar seu primeiro livro, “Aprenda a Investir em Ações e a Operar na Bolsa Via Internet” (Ciência Moderna), com opiniões específicas sobre estratégias de investimento, derivativos, avaliação de empresas e o mercado em geral.

Informações sobre novas modalidades operacionais, novos mercados e técnicas de atuação na Bolsa
Como de costume, começo minha leitura sempre através do índice. De início, muitos leitores poderão, como eu, se impressionar com a quantidade de assuntos abordados no índice, sugerindo um livro bastante extenso e completo. De fato, o livro considera muitos temas raramente encontrados em obras destinadas ao grande público (leia-se não acadêmicos ou profissionais da área), mas também faz questão de relacionar aspectos básicos ainda confusos na cabeça de muitos investidores (Lei das S/A, IPO, Bookbuilding, ADR etc.).

Com cerca de 16 páginas, o índice dá uma idéia da extensa gama de assuntos abordados, deixando o leitor mais curioso muito animado, mas também assustando aqueles que buscam dicas mais objetivas e diretas sobre o investimento em ações. Ao todo, são 11 capítulos. Como veremos, o livro traz textos interessantes para os muitos perfis de investidores, embora não fique claro qual é exatamente seu público-alvo – o que, para uma maioria, cai como um trunfo, já que o livro se apresenta mais completo que concorrentes cujos objetivos específicos são de introduzir ou apresentar uma teoria ou técnica.

Quem participa e como funciona o mercado de ações?
As duas primeiras partes do livro merecem destaque. Brum atacou uma lacuna importante nos livros da área. De forma direta e simples, o autor destaca quem são os reguladores e players do mercado de capitais, suas atribuições, responsabilidades e desafios. O papel do Banco Central, da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), da Lei das S/A, dentro outros, fica claro até para o leitor mais preguiçoso. Com a mesma proposta, o livro traz informações sobre a composição de empresas abertas, ofertas de ações, bookbuilding, juros sobre capital próprio, subscrição, proventos e debêntures. A ação do investidor diante do mercado fica clara e esta introdução facilita a abordagem de estratégias de investimento específicas.

Ao partir para o aspecto operacional das decisões econômicas relacionadas ao investimento em renda variável, o livro compete com outras excelentes alternativas. O capítulo destinado à avaliação de empresas aborda as já tradicionais escolas de análise de ativos (análise gráfica e análise fundamentalista) de forma resumida e sem muitos exemplos comparativos e práticos de mercado. Como o livro é abrangente, é natural que as escolas tenham sido citadas de forma usual, com explicações, mas sem detalhes. Para quem procura manuais específicos de análise, recomendo “Manual de Análise Técnica” (Novatec), de Marcos Abe, e “Valuation – Como Precificar Ações” (Globo), de Alexandre Póvoa.

Além da avaliação de empresas
Gosto quando é possível apoiar a decisão de investir aos aspectos gerenciais da empresa que vão além da avaliação de números. O livro aborda esta realidade nos capítulos 4 e 5, tratando da Governança Corporativa e da Sustentabilidade. Se a obra não cai no “mais do mesmo” – onde dicas e estratégias são abordadas de forma exaustiva e, muitas vezes, longe da realidade da maioria dos investidores -, peca por destinar pouco menos de 20 páginas às questões aqui mencionadas. Governança e fatores sustentáveis ainda são áreas pouco exploradas diante dos leitores iniciantes e intermediários.

Abordagens práticas e relacionadas ao dia a dia do aplicador surgem com força na parte 6. Ali, é possível notar toda a experiência prática e de pesquisa do autor, com referências à técnicas usadas por grandes investidores (Warren Buffett, Peter Lynch etc.), erros mais comuns de investidores de todos os tipos e exemplos de estratégias que funcionam bem no mercado de ações. Trata-se de um capítulo essencial para compreender as informações exploradas nos capítulos iniciais e entender como elas se relacionam na dinâmica das negociações.

Capítulos curtos e superficiais completam a obra
O mercado de derivativos, o aluguel de ações e as opções de investimento protegido (POP) têm pequeno destaque. A parte 8 foca seus esforços nas explicações sobre os índices de ações (Ibovespa, Dow Jones, S&P 500 etc.). Como se trata de um cuidado extra do autor – muito bem-vindo, por sinal -, tenho a sensação de que estas informações poderiam ser apresentadas nos primeiros capítulos, ao lado dos detalhes do funcionamento do mercado de ações. O capítulo 9 trata do básico sobre o funcionamento do mercado de ações, abordando home broker, escolha de corretoras e liquidação. Outro material que poderia ser apresentado no início do livro.

O capítulo 10 se propõe a explicar outras formas de investimento em ações, também de forma superficial e simples. Fundos e Clubes de investimento são abordados de forma rápida, quase que invisível. Comparativos de fundos (para fins de exemplo), alguns exemplos de composição de carteira, dicas sobre o prospecto e mais detalhes sobre a formalização de um clube de investimentos tornariam o capítulo muito mais atraente. A parte final destina-se à questão da tributação. Também sucinta, mas relativamente completa, carece de mais exemplos reais, com contas e exemplos de investimentos e seus respectivos impostos/taxas a serem recolhidas. Facilitaria bastante para o investidor.

Avaliação final
A leitura me deixou impressionado de forma positiva. Considero o livro um importante complemento aos livros mais populares, especialmente porque os capítulos referentes ao mercado e suas nuances extra-investidor são muito interessantes. Vale muito mais pelo conhecimento em torno do mercado que por dicas específicas e técnicas relacionadas ao sucesso nos investimentos. Embora a linguagem seja bastante clara e compreensível, a diagramação não me agradou. Achei o aspecto gráfico do livro muito básico, simplista, com fonte convencional e sem o apelo de quadros-destaque, para ficar em alguns exemplos de que gosto. Se fosse um site, diria que usabilidade não é das melhores. Isso acarreta um pouco de cansaço na leitura, ainda que o espaçamento e a separação dos itens sejam ideais e coerentes.

  • Linguagem e Narrativa: 8,5
  • Exemplos práticos: 8
  • Temas abordados: 9
  • Preço: 6
  • Custo/Benefício: 7,9

“Investindo em Ações com Estratégia e Disciplina” não é um livro “mais do mesmo”. Não mesmo. A experiência do autor é traduzida em muitas informações interessantes sobre o mercado, o que traz ao livro um caráter histórico e atemporal bastante relevante. Não é leitura de momento, nem de moda. Gostei e recomendo! Se quiser conhecer melhor o autor antes de comprar o livro, você pode acompanhar seus artigos mensais na Revista InvestMais.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários