Livro Investindo sem ErroTítulo do livro: Investindo sem Erro
Autores: José Godoy, Luiz Gustavo Medina e Marco Antonio Gazel Junior
Editora: Saraiva
Páginas: 168
Preço: R$ 24,50
Livro 100% nacional!

Dinheiro protegido, futuro garantido.
“Investindo sem Erro”, segundo livro da série “Dicas do Sr. Alceu”, traz a educação financeira e a decisão de investir para o conforto de sua casa. Proteger sua capacidade de gerar patrimônio é construir um futuro melhor[bb], mais rico e tranquilo. Parece simples. Os autores nos levam a crer que é. Afinal de contas, aprender a poupar e a investir não pode ser a coisa mais difícil do mundo. De novo, não é. A grande motivação dos autores continua sendo o desinteresse e comodismo por parte dos brasileiros.

O que é dinheiro? Como funciona o trabalho?
Em poucas páginas é possível entender porque você trabalha e qual o seu grau de contribuição para a sociedade ao exercer sua profissão. O dinheiro facilita a vida em sociedade[bb] e permite a troca do seu trabalho pelo fruto do trabalho dos outros. Dinheiro, então, é bom! E quem cuida dele? A gestão do seu dinheiro é sua responsabilidade.

“O que diferencia as pessoas é a forma como elas tratam as informações. A gestão financeira pessoal compreende todas as atividades de planejamento, controle e acompanhamento de suas receitas e despesas. Lembre-se, a disciplina é uma das características mais importantes para o planejamento financeiro. Note que há pessoas com mais e outras com menos dinheiro, e isso não significa que aquelas que têm mais dinheiro são mais saudáveis financeiramente falando”

Filosofia de vida e juros compostos
Usar os juros para benefício próprio. O conceito de acumulação de patrimônio através de investimentos[bb] pode ser resumido nessa frase. Não há nada de graça no mundo, portanto prefira emprestar seu dinheiro, e receber juros por isso, a pegar emprestado e ter que pagar mais pela ajuda. Investir em produtos bancários, fundos, ações é emprestar dinheiro. Procure pensar assim. Simplifique. Das dicas do livro, destaco:

É fundamental ter um padrão de vida compatível com os seus rendimentos;
Sempre que possível, adie o seu projeto para que você possa pagar a maior parte possível à vista;
Nunca financie mais do que 35% do valor de algo que esteja comprando;
Não desanime por achar que o valor que está poupando é baixo. Todos começam assim.

Orçamento e fluxo de caixa
Estas são duas ferramentas extremamente importantes e úteis no seu dia-a-dia financeiro. Se não são, deveriam ser. O orçamento é a fotografia da sua situação financeira e permite que você saiba exatamente o quanto recebe, gasta e permite que você aproveite melhor o potencial de poupança. Repare nas dicas do Sr. Alceu:

  • É fundamental colocar a sua poupança no orçamento! Poupar e investir deve ser algo prioritário em sua vida;
  • O orçamento é uma ferramenta viva. Mantenha-o sempre atualizado;
  • Não se esqueça das despesas sazonais, como licenciamento do carro, matrícula da escola, IPVA, IPTU etc.

O fluxo de caixa permite que você encare o tempo, facilitando a tomada de decisão. Com o controle frequente das entradas e saídas de capital, fica mais fácil definir as melhores datas para o pagamento das contas e a melhor hora para a compra de um produto ou bem. O orçamento facilita no controle do seu dinheiro e o fluxo de caixa flexibiliza seu uso.

Armadilhas do caminho
De forma criativa e muito didática, o livro explicita sete armadilhas das finanças pessoais:

  • Desbalanceamento no orçamento. O maior pecado nas finanças, gastar mais do que pode. Fazer isso é pedir para os juros ficarem contra você.
  • Falta de controle no orçamento e no fluxo de caixa. Em muitos casos, as despesas menores costumam ser esquecidas no momento de serem contabilizadas, podendo se tornar perigosas.
  • Custo fixo. Um grande dilema a ser considerado é o padrão de vida que se pretende levar. Sempre que se aumenta o padrão de vida, todos os seus custos se elevam.
  • Dívidas. Se você tiver dinheiro apenas para pagar os juros da dívida sobrando no final do mês, jamais conseguirá pagar o valor emprestado.
  • Falta de provisões. Para realizar provisões, a poupança deve fazer parte de seu orçamento. A sugestão é poupar, pelo menos, um valor próximo a seis meses de suas despesas mensais.
  • Aposentadoria. Quando mais cedo você começar a se preocupar com a aposentadoria, menor o sacrifício que terá de fazer para poder manter o seu padrão de vida.
  • Seu sonho. Investir ou financiar? Nunca financie mais do que 35% do ativo que está adquirindo. Pague barato, guarde o dinheiro primeiro e compre depois.

Investimentos e futuro
O material extenso, porém básico, sobre investimentos me impressionou. São abordadas vantagens e riscos das mais diversas aplicações disponíveis no mercado, bem como a influência de variáveis externas em suas rentabilidades. Inflação, desvalorização da moeda, juros, consumo, imposto de renda e risco são transformados em didáticas aulas, ricamente ilustradas com gráficos e exemplos. O livro aborda os aspectos operacionais dos seguintes produtos:

  • Fundos de investimento de curto prazo, longo prazo, de gestão passiva, ativa, indexados, referenciados, com ou sem renda variável, com ou sem alavancagem;
  • Renda fixa;
  • Renda variável;
  • Renda mista;
  • Fundos referenciados DI;
  • Fundos de renda fixa prefixados;
  • Fundos de ações;
  • Fundos cambiais;
  • Títulos públicos;
  • CDB;
  • Debêntures;
  • Ações.

Dando sequência, os autores entram fundo na questão da tributação. Com muitos exemplos reais, cálculos e simulações, os temas IR, CPMF e IOF ficam claros e certeiros. A matemática[bb] fica simples diante da capacidade de abstração e didática dos autores.

Avaliação final
Como se já não bastasse a paciência dos autores, o livro traz ainda um glossário completíssimo dos termos técnicos de mercado[bb] e finanças[bb] necessários para o dia-a-dia do leitor mais leigo. Muito bem organizado e com explicações simples, o glossário é diversão garantida para os que querem aprender mais. Vejamos as notas:

  • Linguagem e narrativa: 9
  • Exemplos práticos: 9,5
  • Temas abordados: 9,5
  • Preço: 8
  • Média: 9

Leitura recomendada para os que ainda desconhecem os princípios básicos da boa administração financeira pessoal e desejam entender melhor quais são as alternativas disponíveis para aplicar seu dinheiro. Abrangente, sem ser massante, “Investindo sem Erro” nos coloca diante de uma reflexão inadiável: se somos nós os responsáveis pelo nosso patrimônio, por que será que esperamos tanto dos outros na hora de ficar ricos? Mexa-se. Compre o livro e divirta-se.

———
BBB 2007 - Vote no DinheiramaO Dinheirama está entre os finalistas do concurso Best Blogs Brazil, responsável por escolher os melhores blogs brasileiros em 2007. O Dinheirama foi indicado e é finalista em quatro categorias: blog revelação, melhor design, melhor blog individual e melhor blog de mercado e finanças. Votar é fácil. Acesse a página do Best Blogs Brazil, faça seu cadastro, clique nas categorias e faça sua escolha. Contamos com o seu voto! Obrigado.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários