Home Empresas Lucro do HSBC dobra, mas fica abaixo do esperado; banco anuncia recompra de ações

Lucro do HSBC dobra, mas fica abaixo do esperado; banco anuncia recompra de ações

As receitas do terceiro trimestre do HSBC aumentaram 2% na divisão Global Banking and Markets que abriga o seu banco de investimento

por Reuters
0 comentário

O HSBC anunciou nesta segunda-feira uma nova recompra de ações de 3 bilhões de dólares e mais que o dobrou o lucro do terceiro trimestre, o que, no entanto, decepcionou, já que a pressão ascendente sobre os salários e os gastos com tecnologia fez os custos ficarem acima das previsões.

O maior banco da Europa também disse que os custos aumentarão até 5% este ano, excluindo a aquisição da unidade britânica do Silicon Valley Bank, mais do que sua meta anterior de aumento de 3%, à medida que os gastos crescem e também considera bônus maiores para seus executivos no quarto trimestre.

O banco registrou um lucro antes de impostos de 7,7 bilhões de dólares no trimestre de julho a setembro, contra 3,2 bilhões de dólares um ano antes, mas o resultado ficou abaixo da estimativa média de corretores compilada pelo HSBC de 8,1 bilhões de dólares.

O banco com sede em Londres e com um valor de mercado de 118,6 bilhões de dólares disse que pretende concluir a recompra de ações até fevereiro próximo, elevando o total de recompras anunciadas este ano para 7 bilhões de dólares.

Também estabeleceu o terceiro dividendo provisório deste ano de 0,10 dólar por ação, elevando o payout anual total até agora para 0,30 dólar por ação.

Nos resultados do terceiro trimestre, o banco registrou uma baixa contábil de 500 milhões de dólares relacionada com o setor imobiliário comercial na China continental, mas o presidente-executivo, Noel Quinn, disse que o pior provavelmente já passou para o setor.

As receitas do terceiro trimestre do HSBC aumentaram 2% na divisão Global Banking and Markets que abriga o seu banco de investimento, uma vez que o negócio de pagamentos do HSBC beneficiou-se de taxas de juro mais elevadas.

A divisão de wealth do banco, que está priorizando crescimento, atraiu 34 bilhões de dólares em novos ativos líquidos investidos no trimestre e as receitas cresceram 12% até agora neste ano, à medida que os aumentos das taxas permitiram que o banco obtivesse margens maiores nos empréstimos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.