Home Economia e Política Lula lamenta morte de brasileiro refém em Gaza e diz que Brasil segue lutando por paz

Lula lamenta morte de brasileiro refém em Gaza e diz que Brasil segue lutando por paz

Lula garantiu que o Brasil seguirá lutando para que todos os reféns sejam libertos e por um cessar-fogo em Gaza

por Reuters
0 comentário

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou nesta sexta-feira a morte do refém brasileiro Michel Nisenbaum, capturado no ataque liderado pelo grupo palestino Hamas em Israel em 7 de outubro, e garantiu que o Brasil seguirá lutando para que todos os reféns sejam libertos e por um cessar-fogo em Gaza.

“Soube, com imensa tristeza, da morte de Michel Nisenbaum, brasileiro mantido refém pelo Hamas. Conheci sua irmã e filha, e sei do amor imenso que sua família tinha por ele. Minha solidariedade aos familiares e amigos de Michel”, disse Lula em publicação no X.

“O Brasil continuará lutando, e seguiremos engajados nos esforços para que todos os reféns sejam libertados, para que tenhamos um cessar-fogo e a paz para os povos de Israel e da Palestina.”

As Forças Armadas israelenses disseram nesta sexta-feira que recuperaram os corpos de três reféns levados para a Faixa de Gaza depois de terem sido mortos durante o ataque de 7 de outubro por militantes liderados pelo Hamas.

Os corpos de Nisenbaum, Hanan Yablonka e Orion Hernandez foram recuperados durante a noite em uma operação conjunta do Exército e dos serviços de inteligência em Jabaliya, no norte de Gaza, onde houve intensos combates nos últimos dias.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.