Home Empresas Maersk redireciona navios de contĂȘineres do Mar Vermelho de volta ao Canal de Suez

Maersk redireciona navios de contĂȘineres do Mar Vermelho de volta ao Canal de Suez

A Maersk, que semana passada tentou brevemente reiniciar suas viagens pelo Mar Vermelho após uma pausa, disse na terça-feira

por Reuters
3 min leitura

A transportadora dinamarquesa Maersk informou nesta quinta-feira que redirecionou quatro dos seus cinco navios de contĂȘineres que estavam presos no Mar Vermelho de volta pelo Canal de Suez e para a longa jornada em torno da África para evitar o risco de ataque.

Militantes houthis do IĂȘmen recentemente atacaram vĂĄrios navios no sul do Mar Vermelho, incluindo um da Maersk no Ășltimo sĂĄbado, atrapalhando o comĂ©rcio global e aumentando os temores de que o encarecimento das taxas de transporte marĂ­timo levarĂĄ a um novo surto de inflação global.

Em 19 de dezembro, os Estados Unidos lançaram uma operação multinacional para proteger o comércio no Mar Vermelho, mas muitas empresas de transporte marítimo e proprietårios de cargas ainda estão desviando seus navios pela África.

A Maersk, que semana passada tentou brevemente reiniciar suas viagens pelo Mar Vermelho apĂłs uma pausa, disse na terça-feira que seus navios de contĂȘineres novamente evitariam a rota que dĂĄ acesso ao Canal de Suez, um atalho entre a Ásia e a Europa.

Mas cinco navios da Maersk com destino Ă  Ásia jĂĄ haviam atravessado o canal pelo norte e deveriam viajar ao sul, passando pelo IĂȘmen, quando a pausa foi anunciada, deixando a tripulação e dezenas de milhares de contĂȘineres no limbo.

Mandar os navios de volta pelo Canal de Suez implicaria novas taxas para pagar a passagem pelo canal, além de significativos atrasos e custos extra de combustível para a jornada em torno do Cabo da Boa Esperança.

O Dinheirama Ă© o melhor portal de conteĂșdo para vocĂȘ que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os nĂșmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteĂșdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que nĂŁo faz qualquer tipo de recomendação de investimento, nĂŁo se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com Ă© de propriedade do Grupo Primo.