Home Empresas Magazine Luiza venderá os produtos da Aliexpress; veja o acordo

Magazine Luiza venderá os produtos da Aliexpress; veja o acordo

O Aliexpress oferecerá itens da sua linha Choice, um serviço de compras premium, incluindo produtos com o melhor custo-benefício e velocidade de entrega

por Reuters
3 min leitura
Magazine Luiza
(Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

O Magazine Luiza (MGLU3) comunicou nesta segunda-feira que fechou um acordo inédito com a plataforma de marketplace chinesa Aliexpress para a listagem e venda de seus produtos em ambos os marketplaces, conforme busca potencializar seu e-ecommerce.

O Aliexpress, do Alibaba, passará a vender como seller do marketplace do Magazine Luiza (3P), enquanto a companhia brasileira oferecerá produtos do seu estoque próprio na plataforma brasileira do Aliexpress.

De acordo com o comunicado, o Aliexpress oferecerá itens da sua linha Choice, um serviço de compras premium, incluindo produtos com o melhor custo-benefício e velocidade de entrega.

“Os pedidos realizados no Magalu serão importados por meio do programa Remessa Conforme, impulsionando a operação cross border da companhia”, afirmou a empresa brasileira.

No caso dos produtos do Magazine Luiza que serão vendidos na plataforma do Aliexpress, serão oferecidos, inicialmente, itens das categorias de bens duráveis, com capilaridade logística e multicanalidade.

“É a primeira vez que o Alibaba, por meio do Aliexpress – uma das maiores empresas de e-commerce do mundo – faz um acordo estratégico com uma empresa fora da China”, destacou o Magazine Luiza, ressaltando que é a primeira vez que seus produtos serão listados e vendidos por meio de outra plataforma de marketplace.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.