Home Comprar ou Vender Mahle Metal Leve cai 8% após resultado; analistas veem competição da China

Mahle Metal Leve cai 8% após resultado; analistas veem competição da China

Segundo analistas, as autopeças chinesas recuperando participação de mercado e atrapalhando as operações da empresa

por Gustavo Kahil
3 min leitura

As ações da Mahle Metal Leve (LEVE3) chegaram a cair mais de 8% nesta terça-feira, após a fabricante de autopeças reportar na noite da véspera lucro líquido ajustado de 154,1 milhões de reais nos últimos três meses de 2023, alta de 7,8% ano a ano, mas queda de 28,4% em relação ao trimestre anterior.

A receita líquida de vendas caiu 8,9% na base anual e encolheu 13,8% na comparação trimestral, enquanto o Ebitda ajustado recuou 22,3% e 36,3% respectivamente, com queda em margens nessa métrica.

Às 11:49, os papéis cediam 6,81%, a 33,79 reais, respondendo pelo pior desempenho do índice Small Caps (SMLL), que registrava acréscimo de 0,51%. No pior momento, chegaram a 33,18 reais (-8,49%).

Analistas

Na visão de analistas do Citi, a companhia apresentou números fracos no quarto trimestre, com o faturamento impactado por volume, preços e taxas de câmbio.

Os analistas da Ágora Investimentos mantiveram a recomendação de venda para ações, com preço-alvo de R$ 20.

“Mantemos nossa postura cautelosa sobre a Mahle Metal Leve, baseada em: um ambiente competitivo mais desafiador, com autopeças chinesas recuperando participação de mercado; ausência de planos de eletrificação; e um valuation pouco atraente”, apontam Victor Mizusaki e Renato Chanes.

Veja o resultado:

(Com Reuters)

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.