Home Economia e Política Maioria acha que Lula não merece ser reeleito em 2026, diz Genial/Quaest

Maioria acha que Lula não merece ser reeleito em 2026, diz Genial/Quaest

De acordo com o levantamento, 47% disseram que votariam em Lula, o maior patamar entre os citados, mas 49% afirmaram que não votariam nele

por Reuters
0 comentário

A maioria dos entrevistados em uma pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta segunda-feira avalia que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não merece ser eleito para um quarto mandato na eleição presidencial de 2026.

De acordo com o levantamento do instituto Quaest, encomendado pela Genial Investimentos, 55% dos entrevistados entendem que Lula não merece a reeleição, ao passo que 42% avaliam que ele merece um novo mandato de quatro anos e 3% não souberam ou não responderam.

A pesquisa apresentou ainda diversos nomes de possíveis postulantes ao Palácio do Planalto e perguntou em qual deles os entrevistados votariam ou não votariam.

De acordo com o levantamento, 47% disseram que votariam em Lula, o maior patamar entre os citados, mas 49% afirmaram que não votariam nele.

No caso do ex-presidente Jair Bolsonaro, que está inelegível até 2030 por decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 39% disseram que votariam, enquanto 54% afirmaram que não votariam.

Ex-presidente Jair Bolsonaro em Brasília
Ex-presidente Jair Bolsonaro em Brasília (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

Quando o nome mostrado é o da ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, 33% afirmaram que votariam nela, ao passo que 50% disseram que não e 15% disseram não conhecê-la. Também apontado como possível herdeiro político do bolsonarismo, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), tem alto grau de desconhecimento, 39%, enquanto 28% dizem que votariam nele e 30% que não votariam.

Outros governadores mais alinhados com o bolsonarismo, como o de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo); do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), e de Goiás, Ronaldo Caiado (União), também têm alto grau de desconhecimento, segundo a pesquisa, 50%, 57% e 60% respectivamente. Além disso, no caso de Ratinho, 21% disseram que votariam e 27% que não; no de Zema, 16% afirmaram que votariam e 25% que não, e no de Caiado o percentual dos que votariam é de 12%, contra 25% que não votariam.

Em relação a nomes do campo político de Lula, 32% afirmaram que votariam no ministro da Fazenda, Fernando Haddad, enquanto 50% declararam que não votariam e 15% afirmaram não conhecê-lo.

Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, durante coletiva de imprensa, em Brasília (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)
Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, durante coletiva de imprensa, em Brasília (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

No caso da presidente do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, 10% disseram que votariam nela, 34% que não votariam e 53% declararam não conhecê-la.

O instituto Quaest também indagou qual seria o melhor nome para enfrentar Lula caso Bolsonaro não concorra em 2026 e 28% apontaram Michelle Bolsonaro, ao passo que 24% escolheram Tarcísio, 10% Ratinho Júnior, 7% Zema, 5% Caiado, enquanto que 26% não souberam ou não responderam.

A pesquisa ouviu 2.045 pessoas presencialmente entre os dias 2 e 6 de maio. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.