Home Empresas Mais de 36 mi de passageiros voaram no Brasil de janeiro a maio

Mais de 36 mi de passageiros voaram no Brasil de janeiro a maio

O n√ļmero de assentos ofertados pelas companhias a√©reas nesse per√≠odo foi de 47.557.449

por Agência Gov
3 min leitura

A movimenta√ß√£o de passageiros em voos dentro do Brasil continua crescendo em 2024. De janeiro a maio deste ano, mais de 36,7 milh√Ķes de viajantes circularam pelo pa√≠s.

No ano passado, o registro para o mesmo per√≠odo foi de 36,6 milh√Ķes. Apenas em maio, 7,1 milh√Ķes de passageiros passaram pelos aeroportos brasileiros.

Os dados est√£o dispon√≠veis no relat√≥rio de demanda e oferta da Ag√™ncia Nacional de Avia√ß√£o Civil (Anac), que est√° atualizado com os n√ļmeros do setor at√© o m√™s de maio de 2024.

O n√ļmero de assentos ofertados pelas companhias a√©reas nesse per√≠odo foi de 47.557.449.

O Minist√©rio do Turismo desenvolve v√°rias a√ß√Ķes para estimular o brasileiro a viajar mais pelo pa√≠s. Uma delas √© o ‚ÄúConhe√ßa o Brasil: Voando‚ÄĚ, uma parceria com o Minist√©rio de Portos e Aeroportos, Abear e empresas a√©reas.

O programa envolve, por exemplo, o aumento da oferta de voos e a op√ß√£o de ‚Äústopover‚ÄĚ, j√° dispon√≠vel em cidades como S√£o Paulo (SP) e Bras√≠lia (DF). Na modalidade, com a mesma passagem, o turista visita um local intermedi√°rio antes de seguir ao destino final.

J√° o ‚ÄúConhe√ßa o Brasil: Realiza‚ÄĚ permite o acesso de correntistas do Banco do Brasil a uma linha de cr√©dito voltada √† aquisi√ß√£o de servi√ßos tur√≠sticos, com condi√ß√Ķes diferenciadas. O trabalho do MTur tamb√©m engloba o ‚ÄúConhe√ßa o Brasil: C√≠vico‚ÄĚ.

A iniciativa, que motiva estudantes, professores e pesquisadores a visitarem destinos conectados à história nacional, tem um projeto-piloto desenvolvido em Brasília (DF) e cidades do entorno da capital.

Internacional

A movimentação de passageiros internacionais teve a melhor marca para o mês de maio na história. Foram mais de 1,9 milhão de passageiros em voos internacionais no período, 18,2% a mais que o registrado em maio de 2023.

Os dados estão disponíveis no relatório de demanda e oferta da Agência Nacional de Aviação Civil
Os dados estão disponíveis no relatório de demanda e oferta da Agência Nacional de Aviação Civil (Imagem: Agência Gov | Via Mtur)

Os dados relativos √† oferta de assentos internacionais, medida em assentos por quil√īmetro ofertados (ASK), tamb√©m s√£o positivos, com um aumento de 14,4% em rela√ß√£o a maio de 2023.

Para atrair mais voos internacionais para o Brasil, o governo federal lançou o Programa de Aceleração do Turismo Internacional (PATI).

A iniciativa é fruto de uma parceria entre os Ministérios do Turismo, de Portos e Aeroportos e a Embratur, que atuaram em dois eixos: ampliação da oferta de assentos regulares em voos internacionais e melhoria da experiência dos turistas em aeroportos brasileiros.

Na primeira etapa, foram criados mais de 70 mil novos assentos ligando destinos internacionais ao Brasil. Espera-se que, ao fim dessa nova rodada, pelo menos 10.956 novos assentos sejam disponibilizados, totalizando assim 81.100 assentos.

J√° est√£o abertas as inscri√ß√Ķes para a segunda rodada do Programa de Acelera√ß√£o do Turismo Internacional (PATI). As empresas t√™m at√© 25 de junho para enviar suas propostas.

Neste segundo momento, est√° previsto um investimento p√ļblico de mais R$ 1,6 milh√£o. Ser√£o utilizados recursos do Fundo Nacional de Avia√ß√£o Civil (FNAC) que, no momento inicial, subsidiar√£o a√ß√Ķes organizadas em dois eixos de atua√ß√£o: amplia√ß√£o da oferta de assentos regulares em voos internacionais e melhoria da experi√™ncia dos turistas em aeroportos brasileiros.

O Dinheirama √© o melhor portal de conte√ļdo para voc√™ que precisa aprender finan√ßas, mas nunca teve facilidade com os n√ļmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informa√ß√£o e atesta a apura√ß√£o de todo o conte√ļdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que n√£o faz qualquer tipo de recomenda√ß√£o de investimento, n√£o se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.