Home Empresas McDonald’s sofre falha tecnológica global e descarta incidente de segurança

McDonald’s sofre falha tecnológica global e descarta incidente de segurança

"Estamos cientes de uma interrupção tecnológica que afetou nossos restaurantes; o problema está sendo resolvido agora", disse o McDonald's em um comunicado

por Reuters
0 comentário

O McDonald’s (MCD; MCDC34) disse nesta sexta-feira que uma falha tecnológica afetou as operações em muitas de suas lojas em todo o mundo, incluindo no Japão e na Austrália, mas descartou a possibilidade de um incidente de segurança cibernética.

Muitas lojas do McDonald’s no Japão pararam de receber pedidos de clientes presencialmente e por celular devido à interrupção do sistema, disse um porta-voz da McDonald’s Holdings Company Japan, acrescentando que a empresa estava trabalhando para restaurar as operações.

“Estamos cientes de uma interrupção tecnológica que afetou nossos restaurantes; o problema está sendo resolvido agora”, disse o McDonald’s em um comunicado.

A empresa disse que suas lojas no Reino Unido e na Irlanda estavam totalmente online novamente após a interrupção, enquanto o McDonald’s Austrália disse que a maioria de seus restaurantes foram reabertos.

A rede de fast food tem cerca de 40.000 restaurantes em todo o mundo, com mais de 14.000 lojas nos Estados Unidos. Ela opera cerca de 3.000 lojas no Japão e aproximadamente 1.000 na Austrália, conforme mostram seus sites para as regiões.

A falha parece ter afetado também os clientes de Hong Kong, Nova Zelândia e Reino Unido, com os consumidores recorrendo às redes sociais para reclamar das interrupções nas lojas.

O The New York Times disse que o McDonald’s de Hong Kong estava enfrentando uma “falha no sistema de computadores”, afirmando que os quiosques de pedidos móveis e de autoatendimento não estavam funcionando.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.