Home Economia e Política Mercado ajusta para cima projeções de inflação em 2024 e 2025

Mercado ajusta para cima projeções de inflação em 2024 e 2025

Para o Produto Interno Bruto (PIB), as estimativas de crescimento seguem em 1,60% e 2,00% respectivamente para este ano e o próximo

por Reuters
0 comentário
Real

Analistas consultados pelo Banco Central fizeram pequenos ajustes para cima em suas projeções para a inflação neste ano e no próximo, deixando inalteradas as perspectivas para a política monetária.

O levantamento, que capta a percepção do mercado para indicadores econômicos, apontou que a expectativa para a alta do IPCA aumentou em 0,01 ponto percentual tanto para 2024 quanto para 2025, respectivamente a 3,82% e 3,51%.

No caso de 2025, foi a primeira mudança na estimativa depois de 28 semanas em 3,50%. Para os dois anos seguintes a estimativa para a inflação segue em 3,50%.

O centro da meta oficial para a inflação em 2024, 2025 e 2026 é de 3,00%, sempre com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Dados divulgados na semana passada mostram que a inflação no Brasil desacelerou em janeiro a 0,42% mas ficou acima da expectativa, levantando sinais de alerta para o peso dos preços dos alimentos e de serviços.

A pesquisa semanal com uma centena de economistas mostrou ainda que não houve alterações nas perspectivas para a taxa básica de juros, com a Selic novamente calculada em 9,0% em 2024 e 8,50% em 2025.

Atualmente ela está em 11,25% e o mercado vê novo corte de 0,5 ponto percentual na reunião de março do Comitê de Política Monetária, como indicado pelo Banco Central.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), as estimativas de crescimento seguem em 1,60% e 2,00% respectivamente para este ano e o próximo.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.