Home Economia e Política Mercado de trabalho vai continuar aquecido, diz IAEmp da FGV

Mercado de trabalho vai continuar aquecido, diz IAEmp da FGV

Na outra ponta, o destaque negativo foi o indicador de Situação Atual dos Negócios de Serviços, com influência de -0,8 ponto

por Reuters
3 min leitura
Pessoas conferem anúncios com oportunidades de emprego no centro de São Paulo
Pessoas conferem anúncios com oportunidades de emprego no centro de São Paulo (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

O Indicador Antecedente de Emprego do Brasil voltou a subir em junho, mostrando ainda um mercado de trabalho aquecido, de acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

O IAEmp, que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, subiu 0,5 ponto em junho, a 79,4 pontos, embora não tenha recuperado a queda de 1,3 ponto de maio.

“A melhora do indicador no mês recupera parte do que foi perdido em maio e mostra que a queda em maio não interrompeu a trajetória positiva iniciada em 2023”, disse em nota Rodolpho Tobler, economista da FGV Ibre.

“O mercado de trabalho tem se mostrado aquecido e o IAEmp sugere uma continuidade desse cenário, talvez em ritmo menos intenso”, completou.

Os componentes do IAEmp mostram que a alta em junho foi influenciada por quatro dos sete componentes do indicador. Os destaques foram os indicadores de Situação Atual dos Negócios e de Emprego Previsto da Indústria, que contribuíram com 0,9 e 0,4 ponto respectivamente.

Na outra ponta, o destaque negativo foi o indicador de Situação Atual dos Negócios de Serviços, com influência de -0,8 ponto.

“A continuidade da retomada do indicador depende da evolução da atividade econômica e do controle da incerteza, pontos que são fundamentais nas decisões de contratações por parte dos empresários”, completou Tobler.

Indicadores de Mercado de T… by rborgesdossantos37

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.