Home Empresas Microsoft pede para alguns funcionários deixarem a China em meio às tensões Washington-Pequim

Microsoft pede para alguns funcionários deixarem a China em meio às tensões Washington-Pequim

A Microsoft está pedindo a alguns de seus funcionários na China que considerem a transferência para fora do país

por Reuters
0 comentário

A Microsoft (MSFTMSFT34) está pedindo a alguns de seus funcionários baseados na China que considerem a transferência para fora do país, disse a empresa nesta quinta-feira, à medida que as relações entre os Estados Unidos e o país asiático se acirram.

Washington tem tentado limitar o acesso de Pequim a chips avançados usados em aplicações de inteligência artificial, alegando que eles podem ser usados para fortalecer a China.

A Microsoft está pedindo a cerca de 700 a 800 pessoas envolvidas em aprendizado de máquina e outros trabalhos relacionados à computação em nuvem que considerem realocação, publicou o Wall Street Journal.

“Oferecer oportunidades internas é uma parte regular do gerenciamento de nossos negócios globais. Como parte desse processo, compartilhamos uma oportunidade opcional de transferência interna com um grupo de funcionários”, disse um porta-voz da Microsoft, sem especificar o número de funcionários para os quais a solicitação foi enviada.

A Microsoft continua comprometida com a China e continuará a operar nesse e em outros mercados, disse o porta-voz.

Os funcionários da gigante do software, em sua maioria engenheiros de nacionalidade chinesa, receberam no início da semana uma opção de transferência para EUA, Irlanda, Austrália e Nova Zelândia, publicou o jornal, citando pessoas familiarizadas com o assunto.

O governo dos EUA aumentou tarifas sobre várias importações chinesas há alguns dias, incluindo baterias de veículos elétricos, chips de computador e produtos médicos.

A Reuters informou no início deste mês que o Departamento de Comércio dos EUA está considerando um novo impulso regulatório para restringir a exportação de modelos de IA proprietários ou de código fechado.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.