Home Estilo de Vida Milhares de pessoas assistam à final do Mundial de League of Legends na Coreia do Sul

Milhares de pessoas assistam à final do Mundial de League of Legends na Coreia do Sul

“Foi uma pena não termos tido muitas oportunidades de responder”, afirmou o técnico do Weibo Gaming, Yang ″Daeny″ Dae-in

por Reuters
3 min leitura

Milhares de fãs de videogame vibraram neste domingo, em um estádio de Seul iluminado a laser, quando o time sul-coreano T1 derrotou o chinês Weibo Gaming na final do campeonato anual multijogador de League of Legends.

Os ingressos para a final do Mundial de League of Legends, realizado no Gocheok Sky Dome, um estádio para 16 mil pessoas na capital sul-coreana, esgotaram em cinco minutos, de acordo com a fabricante, a Riot Games Inc.

O astro sul-coreado dos jogos Lee Sang-hyeok, conhecido como “Faker”, afirmou que manteve a compostura para ajudar sua equipe a obter o primeiro título em sete anos. “Meu objetivo pessoal neste mundial era manter a compostura e a mentalidade de, mesmo se estivesse perdendo por 3 a 0 a final, continuar sorrindo”, afirmou.

Quando perguntado sobre planos de aposentadoria, ele disse que continuará jogando pela sua equipe.

“Foi uma pena não termos tido muitas oportunidades de responder”, afirmou o técnico do Weibo Gaming, Yang ″Daeny″ Dae-in, referindo-se à falta de jogos-treino para seu time.

Mais de 1 milhão de pessoas se conectaram online para assistir à final pelo YouTube.

Na Coreia do Sul, “Faker” é uma celebridade, assim como jogadores de futebol em outros países. Ele assinou vários acordos de patrocínio com marcas de jogos, uma cadeira de massagem e uma fabricante de sorvetes, em um sinal da popularidade dos jogos eletrônicos no país.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.