Home Mercados Minério de ferro cai pelo 3º dia consecutivo em Dalian

Minério de ferro cai pelo 3º dia consecutivo em Dalian

Os analistas preveem que os preços do minério de ferro se recuperem no segundo trimestre para uma média de 120 dólares por tonelada

por Reuters
0 comentário

Os contratos futuros do minério de ferro tiveram comportamento misto nesta quinta-feira, com o contrato na bolsa chinesa de Dalian caindo pelo terceiro dia consecutivo, prejudicado por um início lento da temporada de construção na China e pelo aumento da oferta do Brasil.

O minério de ferro de maio mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian fechou em queda de 1,9%, a 797 iuanes (110,27 dólares) por tonelada.

No entanto, o minério de ferro de referência de abril na Bolsa de Cingapura subia 0,4%, a 101,70 dólares por tonelada.

Os analistas do Citi disseram que os preços do minério de ferro estão sob pressão este ano devido a uma confluência de fatores, incluindo um início lento da temporada de construção na China, altas exportações de minério de ferro do Brasil e altos embarques para a China de fornecedores não tradicionais em meio a preços elevados do minério no final de 2023.

“Dito isso, esperamos que a produção de aço da China aumente em relação aos níveis atuais à medida que entramos na temporada de construção”, disseram eles em nota.

“O crescimento do consumo de aço na China provavelmente continuará fraco, mas, com o aumento dos lucros do setor, esperamos que os produtores de aço cresçam a produção, com as exportações de aço permanecendo altas.”

Os analistas preveem que os preços do minério de ferro se recuperem no segundo trimestre para uma média de 120 dólares por tonelada.

Outros ingredientes de fabricação de aço na bolsa de Dalian registraram perdas, com o carvão metalúrgico caindo 2,7%, para 1.570,50 iuanes por tonelada, e o coque caindo 1,7%, para 2.047,50 iuanes.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.