Home Mercados Minério de ferro sobe pela segunda sessão consecutiva

Minério de ferro sobe pela segunda sessão consecutiva

O minério de ferro, referência para julho na Bolsa de Cingapura, subia 0,51%, a 109,35 dólares a tonelada

por Reuters
0 comentário

Os contratos futuros de minério de ferro subiram pela segunda sessão consecutiva nesta sexta-feira, sustentados pela diminuição das preocupações com as perspectivas de demanda na China, o maior consumidor mundial de minério, e pelo fortalecimento das apostas de um corte na taxa de juros pelo Federal Reserve dos EUA em setembro.

O contrato de setembro do minério de ferro mais negociado na Bolsa de Mercadorias de Dalian (DCE) da China encerrou as negociações do dia com alta de 0,72%, a 839,5 iuanes (115,90 dólares) a tonelada, após um aumento de quase 1% na quinta-feira.

O minério de ferro, referência para julho na Bolsa de Cingapura, subia 0,51%, a 109,35 dólares a tonelada.

O mercado espera que a produção diária de metais quentes permaneça acima do nível atual, em meio a conversas sobre um corte de produção de até 20 milhões de toneladas de aço bruto este ano, disseram analistas da Jinrui Futures em uma nota.

A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, que disse no início de abril que continuaria a gerenciar a produção de aço bruto em 2024, ainda não respondeu a um pedido de comentário da Reuters enviado na quinta-feira.

A produção média diária de metal quente entre as siderúrgicas pesquisadas caiu pela terceira semana consecutiva, 0,03% na semana, para 2,36 milhões de toneladas em 7 de junho, mostraram dados da consultoria Mysteel.

“Alguns comerciantes fecharam suas posições vendidas em produtos siderúrgicos em meio a conversas no mercado sobre o corte de produção de aço, contribuindo para uma recuperação no mercado de ferrosos”, disseram analistas da Hongyuan Futures em uma nota.

O dólar norte-americano mais fraco em meio a dados recentes mais fracos do que o esperado, que reforçaram as esperanças de um corte nas taxas de juros, também apoiou as commodities em geral, incluindo o minério de ferro e o aço, disseram os analistas.

As importações de minério de ferro da China em maio ficaram acima de 100 milhões de toneladas pelo terceiro mês consecutivo, elevando o total nos primeiros cinco meses do ano para 513,75 milhões de toneladas, um aumento de 7% em relação ao ano anterior, segundo dados da alfândega.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.