Home Carreira Montadora chinesa Xpeng contratará 4.000 funcionários 

Montadora chinesa Xpeng contratará 4.000 funcionários 

A Volkswagen disse em julho que investirá cerca de 700 milhões de dólares em uma participação de 4,99% na Xpeng

por Reuters
0 comentário

A fabricante chinesa de veículos elétricos Xpeng disse que contratará 4.000 funcionários este ano e investirá em inteligência artificial, enquanto busca sobreviver ao que descreve como um “mar sangrento” de concorrência no maior mercado automotivo do mundo.

Os funcionários adicionais representarão uma expansão de 25% na força de trabalho da fabricante de veículos elétricos que tem a Volkswagen como investidora em relação ao último número de empregados, de 15.829, no final de 2022.

A expansão foi anunciada em uma carta do presidente-executivo, He Xiaopeng, aos funcionários no domingo, o primeiro dia útil após o feriado do Ano Novo Lunar na China.

A empresa também investirá 3,5 bilhões de iuans (486,4 milhões de dólares) em pesquisa e desenvolvimento de IA, disse He, acrescentando que a Xpeng planeja lançar cerca de 30 novos produtos ou modelos revisados dentro de três anos.

“Diante da situação macroeconômica pessimista, muitos parceiros de negócios estão recuando e com medo de investir. Acho que essa é uma oportunidade para o nosso desenvolvimento”, disse He, descrevendo 2024 como o primeiro ano da “rodada eliminatória” para as marcas automotivas chinesas. “Em 2024, vamos contrariar a tendência e entrar em um ciclo positivo de alta velocidade no quarto trimestre ou antes.”

Os planos de expansão da Xpeng contrastam com os rivais, que estão correndo para cortar custos. A demanda continua a vacilar no maior mercado automotivo do mundo, apesar dos novos descontos liderados pela Tesla.

A Nio, outra fabricante chinesa de veículos elétricos, disse em novembro que reduzirá sua força de trabalho em 10% para melhorar a eficiência em meio à crescente concorrência.

Enfrentando uma demanda mais fraca no país, as montadoras da China têm olhado para as exportações como uma força motriz para o crescimento. Mas a crescente influência da China como exportadora de veículos está causando atritos no exterior.

O Ministério do Comércio da China disse no início deste mês que incentivará o setor de veículos de energia nova a responder às restrições do comércio exterior e a cooperar com empresas estrangeiras, em meio a uma investigação europeia sobre os subsídios chineses para o setor.

A Volkswagen disse em julho que investirá cerca de 700 milhões de dólares em uma participação de 4,99% na Xpeng.

“Este ano é o décimo ano da Xpeng. Nosso desempenho deve mais do que dobrar”, disse He.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.