Ainda há quem diz que as mulheres são o sexo frágil! E, por incrível que pareça, algumas pessoas – mulheres inclusive – concordam com essa afirmação. Se você também concorda, sugiro que pegue um dicionário e vá em busca do significado desse vocábulo.

Nada poderia estar mais longe da verdade do que essa observação! Não estou dizendo que haja algum problema com ser frágil, nem mesmo que as mulheres deveriam ser diferentes, mas o fato é: a mulher é o sexo forte!

Nas últimas décadas, as mulheres vêm, dia a dia, ocupando um espaço de maior relevância na sociedade. O tempo em que o papel delas era ser mãe, esposa e dona de casa ficou para trás e certamente não voltará mais.

Atualmente, o que vemos são mulheres independentes, ocupando posições de liderança no mercado de trabalho, abrindo suas próprias empresas e prosperando financeiramente. E o melhor? Sem depender de homem nenhum para isso! Demorou um pouco para as mulheres se darem conta do seu potencial, mas agora que perceberam, ninguém mais as segura.

Talvez você esteja se perguntando: “Ok, tudo isso aconteceu, mas o que eu tenho a ver com isso? De que forma isso influencia na minha vida”?

Essa mudança de paradigma tem transformado tudo e todos ao nosso redor. Algumas funções antes restritas ao universo masculino passaram a ser ocupadas por mulheres; Cargos de lideranças em empresas multinacionais que antes eram ocupados por homens na casa dos cinquenta anos, hoje estão nas mãos de mulheres na casa dos trinta.

Leitura recomendadaA economia nunca precisou tanto das mulheres

O mundo empresarial que antes era de maioria absoluta dos homens, hoje está sendo invadido por empresárias que tem deixado muitos marmanjos no chinelo.

Lembro-me de um desenho que eu assistia na minha infância, chamado “Pinky e o Cérebro”. O desenho narra a trama de dois camundongos que tinham como objetivo dominar o mundo. Ao que parece, tal desenho serviu de inspiração para muitas das mulheres em destaque que vemos hoje mundo afora.

Mas fiquemos tranquilos, homens, as mulheres não irão dominar o mundo! Sabe por quê? Porque elas já dominaram! E a pior parte para nós é que ainda não dos demos conta disso. Talvez, na hora em que a ficha cair, seja tarde demais.

Quer seja para nossas carreiras, nossas empresas ou nossas finanças, temos muito a aprender com as mulheres. Elas são visionárias, determinadas, inteligentes e mais habilidosas que nós para a maioria das atividades que o mundo exige.

Ficamos por um longo período “no trono” e por méritos próprios, elas foram lá e nos destituíram. Se você não concorda comigo, olhe ao seu redor. Olhe na sua empresa, na sua família, na sua vizinhança… Olhe para onde quiser, as evidências estão por todos os lados. As mulheres já estão no comando!

E o que será de nós, homens, agora? Bem, eu não sei! Teremos que ter humildade para aprender com as mulheres e tentar descobrir, afinal elas sempre têm todas as respostas!

Leitura recomendadaComo as mulheres lidam com as finanças?

Foto “Successful woman”, Shutterstock.

Samuel Magalhães
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários