Caro leitor, quais são os investimentos mais seguros e rentáveis que você conhece? E os investimentos mais tradicionais?

Você colocaria a Caderneta de Poupança na lista?

Muitos acreditam que ela é o investimento mais conservador e seguro do mercado. Será mesmo? Veja estas ressalvas:

  • Na Poupança, o pagamento dos juros se dá somente na data de aniversário do investimento. Quem sacar o dinheiro antes (mesmo que seja um único dia) perde o ganho do mês inteiro.
  • O rendimento está muito abaixo dos ganhos de outros investimentos conservadores, como os atrelados ao CDI.
  • A rentabilidade muitas vezes é inferior ao IPCA (inflação), corroendo esses ganhos que já são baixos.

Como vemos, o risco da Caderneta de Poupança é enorme. Quem investe na Poupança (se é que podemos realmente chamá-la de investimento) tem perda do poder de compra. Em outras palavras, perde dinheiro.

Além da rentabilidade real negativa, não podemos nos esquecer do histórico de insegurança… Lembra do confisco da era Collor? Talvez você seja muito jovem, mas pergunte aos seus familiares de mais idade.

Seria então o CDI, um dos melhores investimentos, com segurança e rentabilidade?

Ele rende muito mais do que a poupança, é fato, mas será que é realmente seguro ao longo dos anos? Para os investidores de Renda Fixa, o CDI pode parecer ótimo a 14,25% a.a. Realmente é.

O problema é que o CDI nesse nível não deverá se sustentar por muito tempo. Em breve, nossa taxa de juro Selic tende a cair significativamente. Quem sabe até para a casa de um dígito. O que isso significa?

Como a Selic e o CDI estão atrelados, quando um cai, o outro acompanha. Ou seja, a rentabilidade dos investimentos em renda fixa deve cair bastante em pouco tempo.

Não se assuste se um dia tivermos taxas de juros tão baixas quanto as de países ou regiões mais desenvolvidas, como EUA, Japão e Europa, que atualmente pagam percentuais próximos a zero ou até mesmo negativos.

Mas então como driblar este problema?

Se caderneta de poupança não é rentável nem segura, e os ganhos na renda fixa tendem a despencar colocando nosso patrimônio em risco, então em que você deve investir?

O que pode ser rentável e ao mesmo tempo seguro, para que seu patrimônio esteja sempre em crescimento? A resposta é Ações de boas empresas. Este é o ativo preferido do melhor investidor do mundo, o Sr. Warren Buffett.

Mas você pode estar se perguntando: “Investir em ações não envolve riscos”? Sim, qualquer investimento tem algum nível de risco. Mas veja bem, existem ações e ações, e é aqui o ponto que você precisa entender para dar um passo importante nos seus investimentos.

Então, como de costume, preparamos mais uma página exclusiva e muito informativa para você aprender como multiplicar o seu dinheiro por 6x com o investimento mais conservador do mercado (clique aqui).

Continuaremos nosso papo por lá!

Nota: Esta coluna é mantida pela Empiricus, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Empiricus Research
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.