A Netflix realmente revolucionou a maneira como as pessoas consomem filmes em casa. A empresa cresce e surpreende cada vez mais o mercado.

Acompanhe tudo que rolou de destaque em nossa coluna semanal de tecnologia e mundo digital.

Netflix segue superando as expectativas

O Netflix ganhou 3,2 milhões de novos assinantes pelo mundo no trimestre entre julho e setembro. Com isso, superou com folga as previsões dos analistas. Segundo eles, a empresa registraria 2 milhões de novos assinantes no período. Apenas nos EUA, foram 370 mil novos assinantes.

A receita da plataforma streaming de vídeo subiu 31% para 2,29 bilhões de dólares, fazendo com que as ações da companhia subissem cerca de 20% nesta semana.

Entre os motivos para esse crescimento significativo no último trimestre estão os lançamentos de séries originais de sucesso como Stranger Things e de Narcos (segunda temporada).

Vale notar que o Netflix anunciou em janeiro deste ano uma expansão global para 130 países – no entanto, o serviço ainda não está disponível na China.

Conheça nosso canal de podcastsDinheiramaCast, o seu podcast de educação financeira

Boletos bancários mudam por segurança e praticidade

Pagar boletos bancários vai ficar mais fácil e seguro em 2017. A plataforma, que gera cerca de 3,5 milhões de títulos por ano no País, está sendo atualizada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) para ser controlada com mais efetividade pelas instituições financeiras.

E as vantagens para os consumidores são grandes. Será possível, por exemplo, quitar boletos vencidos em qualquer banco. Ainda serão reduzidos os riscos de fraude e de pagamento em duplicidade.

Diretor de Operações e Negócios da Febraban, Leandro Vilain, ressalta que as mudanças são na forma de emissão e recebimento dos boletos.

Por isso, nada vai mudar para os consumidores que usam boletos para pagar cartões, condomínios, escolas e planos de saúde. Estes pagamentos representam quase 60% dos títulos de cobrança emitidos no País, segundo o Banco do Brasil.

“Uma das nossas preocupações era não mudar o formato do boleto, que hoje tem um código de barras com 44 dígitos;

tanto porque o consumidor já está acostumado com este formato, quanto porque manter esta lógica elimina a necessidade de troca nos equipamentos de leitura dos boletos”, explica Vilain.

Diz ainda que mesmo assim, a mudança já arrancou um dos maiores investimentos da Febraban nesta área.

Controle seus gastos na palma da mãoDinheirama Organizze, o seu aplicativo de controle financeiro

Tesla anuncia carro com direção autônoma completa

A Tesla Motors anunciou nessa quarta-feira (19) que novos carros chegarão ao mercado com hardware integralmente autônomo. Os Model S e Model X com o hardware de fábrica já estão em produção e clientes podem, inclusive, comprar um.

Porém, a expectativa é que os novos recursos sejam disponibilizados somente mais tarde. As atualizações ocorrerão na nuvem, na medida que a Tesla testar “milhões de quilômetros de direção na vida real”.

É evidente que a companhia não quer se arriscar depois das mortes envolvendo carros da Tesla na China e Flórida. Estes eventos levantaram algumas questões sobre a prontidão da tecnologia autônoma.

Na Flórida, por exemplo, foi confirmada que a tecnologia Autopilot da Tesla para direção assistiva foi ativada. Já no acidente na China, a Tesla afirmou não ter dados suficientes para estabelecer que a tecnologia estava habilitada no momento do incidente.

Elon Musk, CEO da companhia, disse a repórteres na quarta-feira que levaria um tempo para a companhia completar a validação do software e obter a aprovação regulatória necessária, como reporta o Wall Street Journal.

A companhia disse que todos os carros, incluindo o novo Model 3, produzido em sua fábrica, contarão com o hardware necessário para sua habilidade de direção autônoma total “a um nível de segurança substancialmente maior do que a de um motorista humano”.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários