Chegamos a mais uma de nossas colunas semanais sobre mundo digital, tecnologia e empreendedorismo.

Nosso destaque são novidades sobre o assistente pessoal do Google que estará disponível em português.

Google Assistant falará português e estará disponível para iPhone

O assistente pessoal do Google, Google Assistant, passará a falar português e estará disponível também para usuários de iPhones nos próximos meses, anunciou nesta quarta-feira (17) a gigante da tecnologia.

Com a chegada ao iPhone, a empresa tenta conquistar usuários da Siri, da Apple. A companhia comandada por Tim Cook, no entanto, não chega a ser uma ameaça para o Google. No evento, a empresa anunciou ter 2 bilhões de aparelhos ativos com sistema operacional Android.

Segundo a consultoria Gartner, entre os aparelhos vendidos em todo o mundo no último trimestre do ano passado, 81,7% rodavam Android. O iOS respondia por 17,9% do mercado.

O anúncio foi feito durante conferência anual de desenvolvedores do Google. No evento, a companhia também anunciou o “Google Lens”, um software que usará a câmera do smartphone para reconhecer imagens capturadas e até traduzir placas em outros idiomas.

eBook gratuito recomendado: O novo aposentado

UE multa Facebook em 110 milhões de euros por acordo com WhatsApp

Órgãos reguladores antitruste da União Europeia multaram o Facebook em 110 milhões de euros nesta quinta-feira (18) por fornecer falsas informações durante análise de seu acordo de aquisição do Whatsapp em 2014.

Chamando a multa de “proporcional e dissuasiva”, a Comissão Europeia, que atua como fiscal da competitividade da UE, contou que o Facebook disse que não poderia combinar as contas de usuários em sua plataforma e no Whatsapp, mas dois anos depois lançou um serviço que faz exatamente isso.

“A Comissão descobriu que, ao contrário das declarações do Facebook em 2014 no processo de análise da fusão, as possibilidades técnicas para combinar automaticamente as contas de usuários no Facebook e no Whatsapp já existiam em 2014, e que a equipe do Facebook estava ciente de tal possibilidade”, disse a Comissão.

Aplicativo gratuito recomendado: Controle suas finanças na palma da mão com o DinheiramaOrganizze

Anatel proíbe venda de microcelulares no Mercado Livre

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) proibiu a venda de microcelulares no site de comércio eletrônico Mercado Livre. A decisão, divulgada pela agência nesta quinta-feira (18), ocorreu após denúncias de que este tipo de dispositivo está sendo levado para dentro de prisões do País.

“A Anatel determinou a retirada imediata de produtos irregulares identificados na plataforma online do Mercado Livre. O ofício é o primeiro a identificar a comercialização dos chamados microcelulares. Caso a empresa não atenda a determinação, pode ser multada pelo órgão regulador”, afirmou a agência em comunicado à imprensa.

Desde pelo menos 2015, reportagens da imprensa nacional denunciam a entrada de microcelulares nas prisões do país. A maior parte da composição dos aparelhos é plástico, fazendo com que fiquem mais difícil de serem registrados por detectores de metal.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários