Chegamos a mais uma de nossas colunas semanais sobre mundo digital, tecnologia e empreendedorismo. Nosso destaque é a decisão da Amazon começar a vender eletroeletrônicos no Brasil

Após cinco anos no Brasil, a Amazon vai começar a vender eletroeletrônicos em seu site no Brasil na próxima semana

A informação, antecipada pelo jornal “Valor Econômico”, foi confirmada oficialmente por executivos da empresa ao jornal “Folha de São Paulo”. A empresa  “não especula sobre planos futuros”.

Até então restrita à comercialização de livros no país, a Amazon elaborou um plano agressivo de expansão de vendas e deve ampliar a lista de categorias ofertadas até o Natal.

A empresa de comércio eletrônico atua em 12 países, mas o Brasil é o único onde só livros são vendidos e que ainda não tem uma operação mais ampla de varejo.

Em setembro, começaram a surgir boatos de que a multinacional planejava entrar em outros setores no Brasil, observando movimentação da empresa para a contratação de especialistas em impostos e contadores —livros são produtos isentos.

À época, o gerente regional Alex Szapiro disse que a empresa tem uma política de não revelar os seus próximos passos, mas afirmou que “nós não vamos ficar só em livros.”

“Não comentamos planos, infelizmente não podemos especular, mas dou uma dica: as vagas em aberto permitem inferir”, completou.

Em outros países, o site da Amazon tem oferta de produtos próprios e também de terceiros, na forma de uma plataforma de “marketplace” para outras companhias.

No fim de abril, a Amazon do Brasil começou uma experiência semelhante aqui, mas com livrarias e sebos.

Aproveite! Relatório gratuito do Tesouro Direto com os melhores títulos para você!

Usuário do Facebook nos EUA poderá pedir comida pela rede social

O Facebook lançou nesta sexta-feira (13) um serviço para seus usuários dos Estados Unidos pedirem comida para levar ou solicitarem entrega delivery diretamente através do aplicativo ou site da rede social.

Em uma postagem em seu blog, a empresa disse que se associou a restaurantes, como Chipotle Mexican Grill, Jack in the Box, Five Guys e Papa John’s International, e a serviços de entrega como EatStreet, Delivery.com, DoorDash e Olo.

“As pessoas já vão para o Facebook para decidir o que comer, lendo sobre os restaurantes próximos e vendo o que seus amigos dizem sobre eles. Então, vamos tornar isso ainda mais fácil”, disse Alex Himel, vice-presidente da empresa.

Para fazer o pedido, os usuários devem clicar na seção “pedir comida” no menu “explorar” do Facebook, que mostrará uma lista de restaurantes participantes na vizinhança.

eBook gratuito recomendado: Como falar sobre dinheiro com o seu filho

Presidente-executivo da Samsung anuncia saída do cargo

A Samsung Electronics disse nesta sexta-feira (13) que seu presidente-executivo e vice-presidente do conselho, Kwon Oh-hyun planeja se afastar da administração, após 23 anos de serviço, aprofundando as preocupações sobre um vácuo de liderança na gigante de tecnologia após o magnata do grupo, Jay Y. Lee, ter sido preso por corrupção.

A decisão aconteceu no mesmo dia em que a fabricante de smartphones sul-coreana informou previsão de lucro operacional recorde no terceiro trimestre, apoiada pelo segmento de chips de memória, setor que Kwon Oh-hyun supervisiona desde 2012.

A empresa prevê lucro operacional para os três meses até setembro de US$ 12,8 bilhões, quase o triplo do mesmo período do ano passado, e as vendas devem crescer 30% na comparação ano a ano.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários