Chegamos a mais uma de nossas colunas semanais sobre mundo digital, tecnologia e empreendedorismo.

Nosso destaque é a solicitação que a pop star Rihanna fez aos fãs paga apagarem o aplicativo Snapchat.

Ações do Snapchat caem após Rihanna pedir a fãs que apaguem aplicativo

A pop star Rihanna exortou seus fãs a apagarem o Snapchat depois que o aplicativo de rede social publicou um anúncio zombando do espancamento que ela sofreu nas mãos de seu então namorado Chris Brown em 2009.

As ações da Snap Inc, a fabricante do aplicativo, chegaram a cair 4,7%

“Snapchat eu sei que você sabe que não é meu aplicativo favorito neste mundo. Mas estou tentando entender o porquê dessa palhaçada. Vocês gastaram dinheiro para animar algo que envergonharia intencionalmente as vítimas de violência doméstica e fizeram piada disso. Que vergonha”, escreveu a cantora no Instagram.

A intérprete de 30 anos de “Wild Thoughts” se pronunciou depois de o Snapchat pedir desculpas no início da semana e retirar o anúncio de um videogame online chamado “Would You Rather!”, que mostrava fotos de Rihanna e Brown com as legendas: “Estapeie Rihanna” e “Soque Chris Brown”.

O cantor de R&B se declarou culpado de ter agredido Rihanna em 2009, um incidente que rendeu manchetes em todo o mundo quando uma foto do rosto machucado da artista foi divulgada.

No início da semana, o Snapchat disse em um comunicado que o anúncio “foi analisado e aprovado por engano, já que viola nossas diretrizes de propaganda” e que foi removido no final de semana. O Snapchat afirmou nesta quinta que o anúncio foi “nojento e nunca deveria ter aparecido em nosso serviço”.

“Lamentamos que tenhamos cometido o terrível erro de permitir isso através de nosso processo de revisão. Estamos investigando como isso aconteceu para que possamos garantir que nunca mais aconteça”, disse a empresa em um comunicado.

Os comentários da cantora foram o episódio mais recente de publicidade negativa para o Snapchat – suas ações perderam cerca de US$ 1,5 bilhão de valor de mercado por conta de um tuíte de Kylie Jenner.

Faremos as primeiras viagens interplanetárias no ano que vem’, diz Elon Musk

O cofundador da empresa aeroespacial Space X e presidente da montadora de carros elétricos Tesla, Elon Musk, afirmou neste domingo (11), que a Space X poderá fazer suas primeiras viagens interplanetárias a partir de 2019.

Segundo o executivo, a empresa está trabalhando hoje na aeronave para iniciar as tentativas de voas para Marte e que isso será possível graças à redução drástica dos custos de lançamentos, possibilitada pela tecnologia de reaproveitamento de foguetes, na qual a Space X foi pioneira. Visitar a Lua também está nos planos do executivo.

“Queremos mostrar para os países e para as pessoas que é possível”, afirmou Musk, em frente a uma plateia lotada durante o South by Southwest (SXSW), festival de música, tecnologia e interatividade que acontece em Austin (EUA) até 18 de março. “No início vai ser muito difícil, a chance de morrer será grande, mas vão aparecer muitas oportunidades para quem sobreviver.”

Em seu discurso, Musk falou que a colonização de outros planetas é necessária para garantir a sobrevivência da humanidade em caso de uma Terceira Guerra Mundial. “Precisamos ter uma base em Marte, porque é longe o suficiente da Terra”, disse. “No caso de uma guerra, é mais provável sobreviver lá do que na Lua.”

Vérios recebe R$ 5,2 milhões em rodada de investimento

A Vérios, startup de gestão automática de investimentos, anunciou que concluiu 16, uma rodada de investimento Série A de R$ 5,2 milhões. O aporte foi liderado pela e.Bricks Ventures e contou com a participação de investidores-anjo e da aceleradora Startup Farm.

A rodada começou no ano passado e tem como foco melhorias da estrutura. “Vamos investir o valor para melhorar a coleta, armazenamento e gerenciamento das informações dos clientes”, diz Felipe Sotto-Maior, presidente da startup.

Para isso, a empresa irá investir no fortalecimento da equipe de tecnologia e em soluções que melhorem a experiência do usuário. “O valor será usado em mudanças no sistema de consultoria, na parte de identificar o perfil e sugerir a carteira ideal para o usuário, que é o primeiro contato do cliente com a plataforma”, diz o executivo.

Atualmente a Vérios atua com 10 funcionários e já fez gestão de R$ 200 milhões. A empresa usa tecnologia, por meio de algoritmos próprios, para gerenciar automaticamente carteiras de investimento.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários