Chegamos a mais uma de nossas colunas semanais sobre mundo digital, tecnologia e empreendedorismo.

Nosso destaque é a notícia de que o Spotify prepara o lançamento de uma versão de assinatura para casais.

Spotify testa novo modelo de assinatura para casais

O Spotify está testando uma nova forma de assinatura: chamado de Premium Duo, o serviço oferece para até duas pessoas o modelo Premium da plataforma ao custo de US$ 12,49. O novo plano foi confirmado pela empresa ao site de tecnologia The Verge.

A possibilidade é destinada a casais e colegas que dividem apartamento. O modelo é parecido com o tipo de assinatura familiar e exige que ambos os usuários morem no mesmo endereço. A diferença fica por conta do preço: o plano familiar custa um pouco mais caro, um total de US$ 14,99 por mês.

Outra novidade ficará por conta do algoritmo que dará sugestões baseadas nas duas contas. Assim, assinantes Duo teriam uma terceira playlist personalizada – além das Descobertas da Semana e do Daily Mix – com sugestões de músicas que contemplem o gosto dos dois usuários. O novo serviço também promete facilitar o compartilhamento de playlists entre os usuários com apenas um clique.

De acordo com o The Verge, o Spotify está atualmente testando o serviço Premium Duo em cinco mercados: Colômbia, Chile, Dinamarca, Irlanda e Polônia. A plataforma de streaming de música, no entanto, evitou dizer quando planeja expandir o serviço para outros países.

Uber paga R$ 12 bilhões por concorrente do Oriente Médio

A empresa global de transporte por aplicativo Uber gastará o equivalente a R$ 12 bilhões para adquirir a rival Careem, sediada em Dubai. Com a compra, a Uber assume posição dominante em uma região competitiva, pouco antes da tão aguardada oferta pública inicial de ações.

A Uber informou na noite da última segunda-feira (25) que pagaria R$ 5,4 bilhões em dinheiro e R$ 6,6 bilhões em notas conversíveis como parte de um acordo que lhe dá a propriedade total da Careem.

A transação encerra mais de nove meses de negociações entre as duas companhias e dá à empresa americana a tão necessária vitória após uma série de desinvestimentos no exterior.

As notas serão conversíveis em ações da Uber a um preço de R$ 213 cada, informou a empresa, marcando um aumento de quase 13% sobre o preço das ações em sua última rodada de financiamento liderada pelo SoftBank Group.

A aquisição torna a Careem uma subsidiária integral da Uber, que manterá a marca e o aplicativo da ex-concorrente intactos, pelo menos inicialmente.

Facebook anuncia que vai banir conteúdo de nacionalistas e separatistas brancos

O Facebook anunciou que a partir da próxima semana vai passar a banir conteúdo relacionado ao separatismo e ao nacionalismo branco.

A decisão acontece 12 dias após o massacre de Christchurch, quando um atirador que se identificou como um supremacista branco matou 50 pessoas em duas mesquitas na cidade neozelandesa. O ataque foi transmitido ao vivo pelo próprio autor no Facebook.

A premiê da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, disse que a decisão era bem-vinda. Após o atentado, ela criticou as empresas por trás das redes sociais que mantiveram os vídeos no ar. “Não pode ser um caso de puro lucro e nenhuma responsabilidade”, afirmou à época.

Ardern, no entanto, destacou que “há muito mais trabalho por fazer” e indicou que a Nova Zelândia terá um papel ativo no debate. “Há lições que devemos aprender com o que aconteceu em Christchurch. E não queremos que ninguém tenha que aprender as mesmas lições outra vez”, comentou

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários