Semanalmente o Dinheirama abre espaço para divulgarmos as principais notícias e acontecimentos do mundo digital, tecnologia e empreendedorismo. Nessa semana muita coisa nova aconteceu.

Para começar, temos uma nova empresa mais valiosa do mundo. Muitas notícias interessantes dão conta das movimentações das principais redes sociais do mundo, que apresentaram mudanças significativas e também foram foco de ameaça para os internautas. Confira agora!

Instagram muda linha do tempo para priorizar ‘favoritos’ do usuário

O Instagram começou a adotar novos critérios para ordenar a exibição de fotos e vídeos. A partir da alteração, a rede de compartilhamento de fotos passará a exibir, em primeiro lugar, as postagens mais apreciadas, que poderiam interessar ao usuário. Até então, os conteúdos publicados eram exibidos em ordem cronológica.

Trata-se da maior mudança já feita pelo aplicativo lançado em 2010, que agora vai ordenar a linha do tempo de uma forma semelhante como acontece no Facebook. Anunciada em março, a novidade desagradou muitas pessoas. Ainda assim, o aplicativo insiste que a mudança irá auxiliar os usuários a não perderem os conteúdos mais relevantes.

De acordo com o Instagram, em média, as pessoas deixam de ver 70% das postagens exibidas em seus feeds. Em comunicado, a empresa informou que a mudança foi necessária, devido ao aumento de número de usuários mensais, que passou a marca dos 400 milhões. “Fica mais difícil se manter atualizado à medida que aumentam os vídeos e fotos postados no Instagram”.

Google supera Apple como empresa mais valiosa do mundo

O Google superou a Apple na lista das marcas mais valiosas do mundo, que foi publicada nesta semana pela empresa de consultoria Millward Brown. O Google alcançou o valor de US$ 229,198 bilhões.

O Google aumentou em 32% seu valor em relação à lista de 2015, enquanto a Apple retrocedeu 8%, para US$ 228,460 bilhões, e caiu para a segunda colocação.

“A inovação contínua, o aumento das receitas procedentes da publicidade e o crescimento do negócio na nuvem contribuíram para que o Google substitua a Apple no posto número um”, afirmou a empresa de consultoria, filial da empresa de publicidade WPP, em seu comunicado.

A Millward Brown divulga desde 2006 a chamada lista BrandZ, na qual a Microsoft voltou a ficar com a terceira posição (US$ 121,824 bilhões), e a companhia de telecomunicações AT&T com a quarta (US$ 107,387 bilhões).

Ebook recomendadoFreelancer: Liberdade com muito trabalho e resultados

Facebook suportará imagens 360 graus

O Facebook anunciou nesta quinta-feira que suportará imagens em 360 graus em sua plataforma.

Você poderá checar o novo recurso ao tirar uma foto panorâmica com seu celular ou capturar uma imagem em 360 graus utilizando um aplicativo para isso, ou ainda uma câmera 360, e então postá-la no Facebook, como faria com uma foto comum.

Depois, a imagem será convertida em uma foto imersiva que as pessoas poderão explorar, similar à experiência com vídeos 360 na rede social.

As novas imagens são identificáveis no feed de notícias através do ícone de compasso no canto direito delas. No celular, basta tocar na tela e arrastar a imagem ou mover o telefone para visualizar a cena completa. Na web, o mesmo pode ser feito clicando e arrastando a foto.

Melhor rever suas senhas no Twitter

Se você usa ou tem uma conta abandonada no Twitter e usa a mesma senha para vários serviços na web, é melhor rever as suas senhas.

Um hacker russo informou ao site ZDNet que colocou credenciais do microblogue à venda ilegamente na Deep Web – uma parte da internet acessível por métodos específicos, como o navegador Tor.

De acordo com o blog LeakedSource, empresa que reúne dados vazados na web, mais de 32 milhões de senhas do Twitter foram adicionadas ao seu banco de dados nesta semana.

A companhia informa também que a maioria das senhas era muito simples, como 123456, qwerty ou passsword.

O Twitter informou estar confiante de que as credenciais não foram obtidas por meio de uma falha em seu sistema. Fora isso, o microblogue disse que constantemente ajuda a manter as contas dos seus usuários seguras, realizando um cruzamento de informações sobre as credenciais vazadas e o seu banco de dados.

Confira outras edições de: Mundo Digital, Tecnologia e Empreendedorismo

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários