Home Empresas Netflix adiciona 9 milhões de assinantes no 3° tri e eleva preços no exterior

Netflix adiciona 9 milhões de assinantes no 3° tri e eleva preços no exterior

A Netflix atribuiu o aumento à repressão ao compartilhamento de senhas e a um fluxo constante de novos programas, como o sucesso global "One Piece"

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/Freepik/@freepik)

A Netflix (NFLX34) aumentou os preços das assinaturas de alguns planos nos Estados Unidos, no Reino Unido e na França nesta quarta-feira, ao mesmo tempo em que divulgou número de novos clientes no terceiro trimestre acima do esperado.

Com isso, as ações da Netflix subiam mais de 10% nas negociações pós-mercado, para 382,99 dólares cada.

A empresa conquistou quase 9 milhões de novos clientes em todo o mundo, superando a projeção de 6 milhões, com base em pesquisa da LSEG com analistas.

A Netflix atribuiu o aumento à repressão ao compartilhamento de senhas e a um fluxo constante de novos programas, como o sucesso global “One Piece”.

A empresa ainda aumentou o preço nos EUA do plano premium sem anúncios em 3 dólares por mês, para 22,99 dólares. O plano básico foi elevado em 2 dólares por mês.

No Reino Unido, a Netflix subiu o valor do plano básico em 1 libra, para 7,99 libras, enquanto, na França, o aumento foi de 2 euros, para 10,99 euros.

As elevações de preços foram anunciadas junto com os resultados da companhia do terceiro trimestre, quando alcançou base de assinantes de 247 milhões.

A empresa teve receita de 8,542 bilhões de dólares no período, em linha com as projeções dos analistas. O lucro por ação ficou em 3,73 dólares, acima da expectativa de Wall Street de 3,49 dólares.

A Netflix projetou receita de 8,69 bilhões de dólares para o quarto trimestre, ligeiramente abaixo da estimativa de 8,77 bilhões de dólares, com base em analistas consultados pela LSEG.

As recentes greves em Hollywood levaram a Netflix a revisar a projeção de gastos com conteúdo. A empresa estimou investimento de cerca de 13 bilhões de dólares em conteúdo em 2023, em cenário que engloba um acordo entre estúdios e atores em greve “em um futuro próximo”.

O valor foi menor do que os 17 bilhões de dólares que a empresa esperava gastar anteriormente.

Veja o documento abaixo:

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.