Intervenções pontuais do Banco Central no câmbio que sirvam para corrigir fortes distorções são práticas saudáveis desde que não alterem a trajetória da moeda, afirmou o novo diretor de Política Monetária do Banco Central, Reinaldo Le Grazie.

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (5), após sabatina em sua Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), o nome de Le Grazie e de outros três indicados ao Banco Central. São eles: Tiago Couto Berriel, para a diretoria de Assuntos Internacionais; Carlos Viana de Carvalho, para a de Política Econômica e Isaac Sidney Ferreira, para Relacionamento Institucional.

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, Le Grazie defendeu que o BC utilize com parcimônia as ferramentas que dispõe, podendo reduzir suas exposições cambiais “em ritmo compatível com o normal funcionamento do mercado, quando e se estiverem presentes as adequadas condições”.

Nesta sessão, o BC vendeu pelo terceiro dia consecutivo 10 mil swaps reversos, que equivalem à compra futura de dólares, retomando o instrumento após deixá-lo de lado por mais de um mês. Com isso, a moeda norte-americana fechou a R$ 3,30. O entendimento é de que o BC não busca um patamar definido para a taxa de câmbio, mas que vai continuar atuando no mercado.

Partidos travam pacote anticorrupção

Partidos que abrigam os principais alvos da Operação Lava Jato, PMDB, PT e PP, ainda não indicaram os nomes de parlamentares para compor a comissão especial responsável pela tramitação dos projetos anticorrupção na Câmara. Três semanas após a autorização para criar o colegiado, PSC e PC do B também não apresentaram os nomes. A falta das indicações é apontada como o motivo pelo qual o presidente interino da Casa, Waldir Maranhão (PP), ainda não liberou o início dos trabalhos.

Os projetos das “10 Medidas contra a Corrupção” foram apresentados ao Congresso em março, por iniciativa do Ministério Público Federal e entidades que recolheram mais de 2 milhões de assinaturas.

Até agora, 14 partidos (PTN, SD, PRB, PHS, DEM, PTB, PR, PSD, PROS, PV, PSDB, PSB, PDT e Rede) apresentaram 18 membros titulares. Faltam ainda outros 12 nomes. Segundo a Mesa Diretora da Casa e assessores de Maranhão, ele aguarda todos os líderes indicarem seus representantes. Técnicos das comissões especiais, contudo, dizem que o colegiado não precisaria estar completo para ser instalado, dependeria apenas de “vontade política”.

Caixa e BB terão mais dinheiro para imóveis entre R$ 225 mil e R$ 500 mil

O Ministério das Cidades atendeu ao pedido da Caixa para remanejar recursos da linha Pró-Cotista para financiar imóveis com valor entre R$ 225 mil e R$ 500 mil.

Foi liberado uso de mais R$ 1,724 bilhão, a partir da redução da disponibilidade de dinheiro para imóveis com valores abaixo de R$ 225 mil e acima de R$ 500 mil.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, no início de maio, a Caixa informou que os recursos para a faixa intermediária nessa linha de crédito estavam esgotados, mas que havia demanda por mais empréstimos.

Para imóveis de outros valores, por outro lado, sobravam recursos e faltava demanda.

A linha Pró-Cotista só pode ser acessada por trabalhadores com pelo menos três anos de vínculo com o FGTS. Além disso, eles precisam estar trabalhando ou ter saldo na conta do FGTS de pelo menos 10% do valor do imóvel.

A taxa de juros é de 8,66% ao ano, bem abaixo dos contratos firmados com recursos da poupança, que hoje custam ao mutuário mais de 10% ao ano.

Mercado financeiro

O mercado financeiro manterá a cautela necessária para momentos de turbulência interna e externa, monitorando o mercado dos EUA após o feriado da independência.

O Ibovespa, principal benchmark da Bolsa de Valores de São Paulo, opera as 12h00 em baixa de -1,76% com 50.927 pontos, enquanto o dólar sobe +1,08%, negociado a R$ 3,336.

Foto: Fernanda Carvalho/Fotos Públicas

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários