Home Empresas Nubank eleva lucro líquido no 3° tri para US$ 303 mi

Nubank eleva lucro líquido no 3° tri para US$ 303 mi

A receita do Nubank ficou em 2,1 bilhões de dólares

por Reuters
0 comentário

O Nubank (ROXO34) registrou lucro líquido de 303 milhões de dólares no terceiro trimestre, disparada frente ao lucro de 7,8 milhões de dólares no mesmo período de 2022, informou o banco digital nesta terça-feira.

Analistas, em média, esperavam lucro líquido de 288,2 milhões de dólares, segundo dados da LSEG.

Na base ajustada, o lucro atingiu 355,6 milhões de dólares, ante lucro de 63,1 milhões de dólares um ano antes.

A receita do Nubank ficou em 2,1 bilhões de dólares, novo recorde da companhia, alta de 53% na comparação ano a ano e em base neutra de câmbio, praticamente em linha com a expectativa de analistas.

O Nubank atribuiu o aumento de receita ao efeito combinado do crescimento do número de clientes e aos níveis mais elevados de monetização da base.

O número de clientes alcançou 89,1 milhões no trimestre e posteriormente ultrapassou os 90 milhões em outubro, ante 83,7 milhões no fim de junho.

(Imagem: Reprodução/ Facebook do Nubank)
(Imagem: Reprodução/ Facebook do Nubank)

O banco digital também teve uma elevação na receita mensal média por cliente ativo de 18%, para 10 dólares, em base anual e neutra de câmbio.

A inadimplência acima de 90 dias no Brasil foi a 6,1% no trimestre encerrado em setembro, de 5,9% no segundo trimestre e 4,7% no mesmo período de 2022.

Veja o documento abaixo:

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.