Home Internet O livro, o Excel e a poupança!

O livro, o Excel e a poupança!

por Conrado Navarro
0 comentário

Tome conta de seu dinheiro!Recentemente decidi presentear algumas pessoas com DVDs e livros (meus mimos prediletos). Onde comprar? Será que a compra “face to face” desses itens é melhor que a compra feita online? Moro em uma cidade do interior de Minas Gerais e o frete para cá nem sempre é atraente. Resolvi, como você já deve imaginado, “bater perna” e pechinchar. Desta vez, só pela internet.

Não adianta reclamar da avareza quando o problema é a preguiça. Não lembro o nome do livro onde li essa frase, mas ela tem forte efeito em meu cotidiano. O artigo de hoje trata das diferenças de preço e do papel do bom comprador diante das ofertas do mercado. Saber comprar é tão importante quanto trabalhar, comer ou dormir (e ir no banheiro né?). Muito poucas pessoas dão a devida importância a um dos maiores vilões da compra online: o frete!

A missão
Sou dos que gosta de ler (acho que isso não é nenhuma novidade) e gasto perto de 5% de minhas receitas mensais com livros, revistas e jornais diversos. Paralelo ao que gasto comigo, sempre costumo tentar levar este hábito para os lares de amigos e familiares. Enfim, tudo isso para dizer que a missão consiste em comprar alguns livros e DVDs para presentear entes queridos.

O orçamento disponível
Decidi alocar R$ 300,00 mensais para gastos com este tipo de atitude. Sem discutir se é muito ou pouco, essa é a verba para a compra dos presentes citados neste artigo.

Que presentes?
Nos livros, resolvi apelar para alguns lançamentos recentes que têm gerado excelentes polêmicas nas rodas de bar e nos jornais (passe o mouse para ver o título ou clique caso queira mais detalhes):

Livro A Batalha pela EspanhaLivro Deus um DelirioLivro O Economista Clandestino

Para os DVDs, fui um pouco mais eclético e escolhi:

DVD Ivete Sangalo ao vivo no MaracanãDVD Missão Impossível - Trilogia

A metodologia
Coisa simples. Escolhi quatro das maiores lojas online, cujos nomes não citarei, e fiz uma simulação de compra usando os produtos citados e o endereço de minha casa para entrega. Toda a pesquisa de preços não levou mais que 10 minutos. Sei que alguns vão recomendar que eu use mais os sites de comparação de preços. Obrigado. Neste caso quis complicar o meu lado para descomplicar o seu.

Os resultados
Os preços variaram bastante (mais do que eu imaginava) e os valores estão descritos na montagem abaixo. Ah, antes de passar para as conclusões, reflita um pouco sobre a situação da compra em cada loja (vamos ver se chegamos às mesmas conclusões):

Dinheirama - Resultado de pesquisa de preços

Conclusões
Não tenho dúvida de que os itens descritos aqui soarão óbvios, senão lógicos. Tomara que sim. Vamos conferir?

  • Do preço mais caro (R$ 313,72) para o mais barato (R$ 240,90), tivemos uma diferença de R$ 72,82, quase 25%. É muito.
  • O frete, ainda subestimado por muitos consumidores, tem grande impacto no preço final da compra (duh!). Repare que em uma das lojas, cujo valor de venda final foi de R$ 291,80, não houve cobrança de frete. Ainda assim, a compra nesta loja ficaria mais cara que duas outras opções.
  • Muitas vezes analisamos o preço individual do produto, mas esquecemos de pesar possíveis promoções disponibilizadas especialmente quando o carrinho começa a engordar. A melhor compra, cujo valor final foi de R$ 240,90, enquadra-se nessa alternativa.

Indo mais além…
Deixe-me confessar uma coisa. Tive mais trabalho para montar este artigo no Wordpress (hein!?) que para pesquisar e realizar a compra (não liga não, “blogar” é algo novo para mim). Ah sim, voltando ao assunto, quero dizer que mudei meu planejamento financeiro. Agora, o budget para “cultura comprada para terceiros” passou a ser de R$ 250,00 mensais. Os R$ 50,00 restantes serão depositados, todo santo mês, em uma caderneta de poupança. Prometo.

Hummm, fazendo umas continhas simples, acabo de perceber que em 10 anos terei R$ 8.750,00. Nada mal para uma “custosa” pesquisa de 10 minutos. Opa, o Excel me chama a atenção. Em 20 anos terei R$ 26.688,12. Uau. Melhor eu parar por aqui né? Assim você pode mexer logo esse esqueleto e começar a pesquisar os preços (e o frete) de sua próxima compra. Daqui a 10 ou 20 anos você me diz o que mudou, combinado?

PS 1: Se você é dos que gosta de ir à loja, faça antes uma pesquisa como essa e leve os resultados na bolsa ou na carteira. Adianto que, em 90% dos casos, você vai encontrar preços maiores. Ainda assim, vai voltar com algum livro na sacola. A psicologia explica: ver o produto e tocá-lo são atitudes que estimulam sua imaginação e fazem com que a emoção fale mais forte. Se você for como eu, melhor comprar de casa.

PS 2: Allan, sei que escrevo demais. Prometo que estou me esforçando.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.