Home Comprar ou Vender Santander, Klabin, Vale, Suzano e Usiminas: o que esperar dos resultados desta semana?

Santander, Klabin, Vale, Suzano e Usiminas: o que esperar dos resultados desta semana?

Apenas um dos 5 balanços de peso esperados para esta semana será positivo, segundo os analistas do Itaú BBA

por Gustavo Kahil
0 comentário
Usiminas

O time de analistas do Itaú BBA revelou as suas projeções para os principais resultados do terceiro trimestre que serão divulgados ao mercado nesta semana entre 23 e 27 de outubro.

Gigantes como o Santander (SANB11), Klabin (KLBN11), Vale (VALE3), Suzano (SUZB3) e Usiminas (USIM5) apresentam os seus balanços.

Banco espera agora avanço de 2,5% do PIB este ano, contra alta de 1,9% estimada antes
(Imagem: Santander/Divulgação)

Santander (25/10), antes da abertura: positivo

“O Santander Brasil deverá mostrar melhora na evolução de sua carteira, com sinais iniciais de crescimento no segmento de clientes/linhas mais arriscadas e redução nos níveis de inadimplência. O Retorno sobre o Patrimônio (ROE) deverá atingir 14,2%, de 11% no segundo trimestre”.

LucroNII (Receita líquida de juros)ROE
R$ 2,978R$ 13,76114,20%
Klabin
(Imagem: Site/ Klabin)

Klabin (25/10), antes da abertura: negativo

“Esperamos queda de 6% no resultado operacional (Ebitda) do terceiro trimestre em relação ao período imediatamente anterior. Na divisão de papel e embalagem, o Ebitda deverá diminuir 12% na mesma base de comparação”.

Receita (R$ bi)Ebitda Ajustado (R$ bi)Lucro ajustado (R$ bi)
R$ 4,280R$ 1,2620,551
A Vale afirmou que avalia transportar os aglomerados de minério de ferro por navegação de cabotagem até o porto. Questionada sobre os volumes, a mineradora afirmou que isso vai depender de como o projeto vai evoluir.
(Imagem: REUTERS/Washington Alves/)

Vale (26/10), após o fechamento: neutro

“Projetamos um Ebitda 10% melhor na comparação trimestral devido a resultados mais fortes na divisão de ferrosos, já que maiores volumes e preços mais do que compensaram os custos ligeiramente mais elevados. Para a divisão de metais básicos, estimamos queda de 34% no Ebitda”.

Receita (US$ bi)Ebitda Ajustado (US$ bi)Lucro líquido (US$ bi)
10,8364,5802,710
O projeto Cerrado refere-se à construção de uma nova planta de produção de celulose no município de Ribas do Rio Pardo (MS)
(Imagem: Reprodução/ Suzano/ Linkedin)

Suzano (26/10), após o fechamento: negativo

“Esperamos números mais fracos para a Suzano no terceiro trimestre, com queda de 16% no Ebitda consolidado em comparação ao trimestre anterior, prejudicado por uma queda de preço da celulose e menores volumes”.

Receita (R$ bi)Ebitda Ajustado (R$ bi)Lucro líquido (R$ bi)
8,4363,285-2,793
Segundo o ministério público, a Usiminas assinou um termo de ajustamento de conduta em 2019 para implantação de ações para resolver o problema
(Imagem: Divulgação/ Usiminas)

Usiminas (27/10), antes da abertura: negativo

“Projetamos um Ebitda negativo de R$ 92 milhões (queda de R$ 458 milhões em base trimestral), principalmente devido aos fracos resultados da divisão de siderurgia que, por sua vez, foram prejudicados por preços mais baixos e custos ainda elevados. Os números na divisão de mineração também deverão cair em relação ao trimestre anterior, principalmente diante de volumes mais baixos”.

Receita (R$ bi)Ebitda Ajustado (R$ bi)Lucro líquido (R$ bi)
6,426-0,920-0,189

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.