O tão sonhado cargo! O tão sonhado salário!É muito comum encontrar profissionais desanimados com sua atual situação na empresa. Estes estão certos de que estão fazendo todo o possível para crescer e, dizem, a culpa é dos gestores que não os valoriza. Você deve conhecer ao menos uma pessoa nesta situação. Eu também. Seu vizinho também. Pois é, isso acontece mesmo. Mas, e o outro lado? Certo dia li em um livro uma opinião que me levou a indagar e a repensar o como nossas escolhas impactam a nossa realidade, hoje e no futuro. A citação é a seguinte:

“Todos os cargos numa corporação podem ser ocupados por você. Dependerá, apenas, do quanto você está disposto a investir para chegar ou se manter neles. Tudo tem seu preço, assim como toda posição que assumir na vida pessoal.”
Do livro “O sucesso está no equilíbrio”, de Robert Wong – Ed. Elsevier, 2008.

Você concorda com a frase de Robert Wong, considerado um dos 200 mais destacados headhunters do mundo segundo a Revista The Economist? Qualquer um, qualquer cargo? A princípio, para a maioria das pessoas a idéia passada parece um pouco ousada e até utópica. Bom, eu concordo com o Sr. Wong. Acredito que todo sonho pode ser realizado; mais, creio que qualquer pessoa possui potencial para alcançar esses sonhos, desde que ela se esforce o bastante para tal.

Quando digo isso, me refiro à excelência, ou o mais próximo possível desse termo. Impossível não citar Aristóteles, que em sua sabedoria disse que “somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um feito, mas um hábito”. Ok, mas quanto vale o seu sonho? Qual deve ser o tamanho de sua dedicação para alcançá-lo? Vale realmente a pena deixar de lado momentos ou pessoas que você considera importantes em sua vida para conseguir alcançar seus objetivos?

Obviamente que para desempenhar um bom trabalho, sacrificar um pouco de seu tempo será atitude inevitável. No entanto, tome cuidado! O sonho é algo que você idealiza – e assim o faz porque, basicamente, isso lhe traz possibilidades de uma vida melhor, mais felicidade etc. Assim, ao estabelecer objetivos seja fiel às suas verdadeiras vontades e realidade. Não adianta nada alcançar o topo de sua carreira sem ter alguém especial ao seu lado para também comemorar.

“Não se trata de chegar aqui ou lá, e sim de curtir a jornada”, frase do Programa Aprendiz, da Rede Record.

Portanto, antes de estabelecer uma meta de vida ou um sonho profissional[bb] pense a respeito desse sonho. Como pela pergunta mais simples e objetiva possível: será que você quer ter a mesma quantidade de responsabilidades, afazeres, compromissos e falta de tempo de quem ocupa “aquela cadeira” tão sonhada por você?

Ah, sim, sonhe muito e sonhe grande, afinal, alimentar sonhos mais ousados não é algo ruim. Pelo contrário, é estimulante e desafiador. Isso mantém você ativo e disposto a arriscar. Mas, é imperativo que você não esqueça o bom senso, fator decisivo para ter a devida noção de quanto aquilo pode lhe fazer bem ou mal e para lembrá-lo dos pequenos passos do dia a dia.

Ser bem sucedido vai muito além do quanto você ganha.
Trabalhar feliz, motivado e ganhando relativamente bem é algo ótimo, mas apenas se você souber administrar o quanto você ganha no fim do mês. Se isso não ocorre, você sempre trabalhará mais e mais e pouco aproveitará com tranqüilidade e felicidade o patrimônio que criou. Então ser bem sucedido é também aprender o máximo que puder sobre educação financeira, investimentos e sobre você mesmo.

Conhecer-se bem, aprender a estimular o autoconhecimento e saber administrar os recursos que você possui são pontos chave para que, ao estabelecer metas pessoais, você consiga alcançá-las. Como falei um pouco sobre sonhos, coloco abaixo algumas opiniões que podem mexer um pouco com as suas idéias e auxiliá-lo em sua busca por um “lugar ao sol”:

“O aprendizado vem muito mais da experiência real do que da sala de aula”, frase de Fernanda Pomin, sócia da Korn/Ferry Brasil no RH Meeting

“Conhecimento e habilidade são fundamentais, mas atitude é o que realmente diferencia alguém”, frase de Francisco Valim, presidente da Serasa Experian

Para conseguir algo, você tem de demonstrar atitude e ir atrás. Por exemplo, estabelecer uma rotina de estudos é muito importante; mas, com certeza, aprender e aplicar todo esse conhecimento através de uma experiência real (com erros e acertos) é o fator mais decisivo observado pelas empresas que desejam contratar novos profissionais.

Fica clara a importância de saber equilibrar estudo com experiências práticas. Com relação ao estudo, vá além do que é o básico e aventure-se em outras áreas para obter, assim, uma visão holística de todo o ambiente existente em uma corporação. Como já ouvi muito por ai, pense e atue também “fora da caixa”.

“Conhecer pessoas e relacionar-se com elas são atitudes imprescindíveis, afinal é por meio de seus conhecidos que você pode encontrar oportunidades de desenvolvimento profissional, indicações de emprego, informações atualizadas ou outro tipo de ajuda. O cultivo de uma boa rede de relacionamentos faz parte das regras da empregabilidade e de uma relação de negócios em todas as fases da vida e você não pode ficar de fora! Nessa rede de relacionamentos pesque, mas também se deixe ser pescado!”
Do livro “Seja executivo e não executado!”, de Thomas F. Reaoch – Ed. Komedi, 2005.

Use e abuse do tão falado networking. A relação entre as pessoas é fundamental para que seu crescimento ocorra de forma mais rápida. Por fim, insisto na questão das finanças pessoais. Aprenda a gerenciar seu dinheiro[bb] de forma inteligente e pró-ativa. É comum notar pessoas querem subir de cargo pensando apenas no salário. Ora, será que você sonha com um cargo de destaque porque o seu sonho é atuar daquela forma, com aquele público alvo e tipo de responsabilidades ou é porque você sonha em receber aquela quantidade de dinheiro todo mês?

Como você já deve ter aprendido aqui no Dinheirama, um dos grandes segredos para ter as finanças saudáveis é aprender a viver em um padrão de vida abaixo daquele que o seu dinheiro permite. A diferença você investe, pensando em seus objetivos pessoais e familiares. Com atitude e mais conhecimento sobre investimentos você certamente alcançará seus sonhos com mais tranqüilidade. E mais rápido. Até a próxima.

——
Bruno Biscaia
já atuou nos setores de Marketing de Eventos e de Planejamento e Controle da Produção. É estudante de Engenharia de Produção Mecânica na Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) e edita a seção de Empreendedorismo do Dinheirama.

Crédito da foto para stock.xchng.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários