Sem saber onde quer chegar, você está deixando que a vida simplesmente aconteça. Neste caso, corre o risco de obter resultados diferentes do desejado e de seus sonhos ficarem para sempre na sua mente.

Com certeza, você conhece essa história…

– Por favor, poderia me dizer que caminho devo tomar aqui? – Perguntou Alice.

– Depende muito do lugar aonde você quer chegar – disse o Gato.

– Pode ser qualquer um – respondeu Alice.

– Então não importa que caminho vai tomar – observou o Gato.

– Desde que eu chegue a algum lugar – acrescentou Alice à guisa de explicação.

-Ah, se andar bastante – disse o Gato – com certeza vai chegar.

 Lewis Carrol

Alice no País das Maravilhas

eBook gratuito recomendado: Riqueza pessoal é possível

…mas talvez não tenha se dado conta da lição que está nas entrelinhas.

A lição trata de ter um objetivo em mente.

Se você não tem um objetivo financeiro, vai andar muito, muito, muito, tempo. E pode ser que não chegue a lugar algum. Eu chamo isso de “síndrome de Alice1” e vejo muita gente sofrer desse mal. Para você me entender melhor, vamos fazer um teste:

Quantas vezes você falou sobre um desejo, um sonho (ex.: uma grande viagem, a compra de um carro, a compra da casa própria) mas nunca realizou porque “não tinha dinheiro suficiente”?

Agora, desde que você tem esse sonho…

  • Quantas vezes você se informou sobre a quantia de dinheiro necessária para realizá-lo?
  • Quantas vezes se sabotou gastando pequenas quantias de dinheiro em coisas menos prioritárias que realizar esse sonho?

Você quer, de verdade, conquistar o que deseja?

Então precisa saber quanto é isso em termos de dinheiro. Em outras palavras, se você não tiver um objetivo financeiro na cabeça, vai estar correndo sem sair do lugar.

Nenhum corredor inicia uma maratona sem ter uma boa ideia de quanto tempo vai correr como também do itinerário que vai percorrer. Por isso, você também precisa saber para onde vai e de um plano para chegar lá.

Ferramenta recomendada: Super planilha para seu controle financeiro

Como determinar seu objetivo financeiro

Agora que você já sabe da importância em determinar seu objetivo financeiro, vamos te mostrar como calcular o seu. Para isso, siga os passos a seguir:

1. Conheça seus sonhos

Pare um minuto e anote no papel 3 coisas que você gostaria de conquistar na sua vida.

Não se preocupe se você não souber como fazer para consegui-las. Por enquanto, apenas sonhe. Se sua mente insistir que isso é impossível, dê uma olhada nessas dicas sobre como juntar dinheiro.

2. Determine suas Prioridades

Uma vez que criou sua lista, enumere os itens de 1 a 3.

Sendo o nº 1 o primeiro que você deseja conquistar e o último sendo o nº 3. Quando você determina prioridades, você coloca seu cérebro focado no que é importante.

Imperdível: 5 ações para comprar agora

3. Pesquise

Agora, faça uma pesquisa na internet e verifique quanto custa realizar o sonho nº 1.

Se este sonho é ter uma casa própria ou um carro, vá ao banco e descubra o que você tem condições de comprar.

4. Defina a quantia exata do seu objetivo financeiro

Agora, defina a quantia exata de seu objetivo financeiro.

Não é um número tirado do nada, mas o resultado do seguinte cálculo:

Economias atuais + Quantia para transformar seu sonho em realidade = seu OBJETIVO FINANCEIRO.

Após o passo número 4, você terá definido seu objetivo financeiro para realizar o sonho nº 1. Quando realizar este sonho, você poderá repetir os passos 3 e 4 para o próximo sonho da lista e assim por diante.

Ao determinar um objetivo você viabiliza o sonho e coloca sua mente para trabalhar nas possibilidades para realizá-lo. Não é de se espantar que muita gente ao fazer esse exercício descobre que já poderia ter realizado o primeiro sonho ou nem poderia imaginar que está tão perto de realizá-lo.

Descubra: LCI e LCA, ainda dá para investir?

Sem pesquisar e sem objetivo financeiro seus sonhos ficarão para sempre em sua mente. O que é melhor: realizar ou simplesmente continuar sonhando? Pense nisso 😉

1 Essa nomenclatura não tem qualquer relação com a Síndrome de Todd, também conhecida como Síndrome de Alice no País das Maravilhas, no vocabulário médico.

Professores de Sucesso
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários