Home Economia e Política Pandemia retardou progresso global no controle do tabaco

Pandemia retardou progresso global no controle do tabaco

Dois terços dos países reportaram nenhuma melhoria ou um declínio na implementação das principais políticas do tabaco

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/ REUTERS/Yves Herman)

O progresso global nas políticas para reduzir o uso do tabaco desacelerou pela primeira vez em 12 anos após o surto da pandemia de Covid-19, de acordo com análise publicada nesta quarta-feira pelo Global Tobacco Control Progress Hub, que alertou que, como resultado, milhões de pessoas em todo o mundo provavelmente continuaram a fumar.

O centro, que é uma colaboração entre a organização sem fins lucrativos Action on Smoking and Health (ASH) Canada e a Escola de Saúde Pública John Hopkins Bloomberg, acompanha a promulgação da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco da Organização Mundial da Saúde (OMS), um tratado global que tem como objetivo a redução do tabagismo.

O relatório constatou que, entre 2020 e 2022, houve um abrandamento na implementação de seis das principais medidas de alto impacto do tratado, incluindo aumentos de impostos, proibições de publicidade e promoção e regras que vetam fumar em locais públicos.

Les Hagen, diretor executivo da ASH Canadá, disse que, embora a pandemia tenha distraído compreensivelmente os governos, a desaceleração foi “perturbadora”. Ele apelou aos países, para que intensifiquem seus esforços.

Hagen alertou que a queda na implementação das ações poderá ter “consequências terríveis para milhões de pessoas em todo o mundo, especialmente se for sustentada”.

A análise se baseia nos auto-relatos dos países à OMS, disse Hagen. Dois terços dos países reportaram nenhuma melhoria ou um declínio na implementação das principais políticas do tabaco, enquanto apenas um terço relatou melhoria.

As maiores quedas foram registradas nos países de baixa renda, especialmente nas regiões do Mediterrâneo Oriental e do Sudeste Asiático, afirmou o centro.

A OMS afirma que o tabaco mata até metade dos consumidores que não param de fumar.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.