Brasil, a terra dos impostos?O jornal Folha de S. Paulo de hoje traz uma manchete perturbadora: “Brasileiro trabalha metade da vida para o fisco, diz estudo – Para expectativa de vida de 72,3 anos, 36,3 deles irão para pagar tributos, aponta instituto”. Uau, fiquei pasmo! Que a situação tributária brasileira merece muita “atenção” eu já sei, mas nunca parei para pensar nos cálculos sobre essa ótica. Que medo!

O estudo, criado a partir da análise do aumento da carga tributária sobre renda, patrimônio e consumo nos últimos 18 anos, foi divulgado ontem pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário) e conta com dados oficiais que vão de 1900 aos dias de hoje. Entrevistado pela Folha, o advogado Gilberto Luiz do Amaral, presidente do IBPT, afirma que:

“Em 108 anos a expectativa de vida dos brasileiros cresceu 116%, enquanto a expectativa de pagamento de tributos aumentou 244%”

A reportagem nos lembra que em 2008 serão necessários 148 dias de trabalho para o pagamento de tributos aos três níveis de governo (municipal, estadual e federal) – dois dias a mais que em 2007. Se quiser ver uma simulação, acesse a Calculadora do Tributo Guloso e divirta-se! Pera lá, divirta-se? Como assim?

Leia mais:

Crédito da foto para Marcio Eugenio.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários