Home Mercados Petróleo cai, mas registra ganho semanal antes da decisão da Opep+

Petróleo cai, mas registra ganho semanal antes da decisão da Opep+

A Opep+ se aproximou de um acordo com os produtores de petróleo africanos sobre os níveis de produção para 2024

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/Freepik/@wirestock)

O preço do petróleo registrou queda nesta sexta-feira, com a libertação de alguns reféns em Gaza reduzindo o prêmio de risco geopolítico, mas os preços registraram sua primeira semana de ganhos em mais de um mês antes da reunião da Opep+ da próxima semana para decidir sobre os cortes de produção em 2024.

Os contratos futuros do petróleo Brent caíram 0,84 dólar, ou 1%, a 80,58 dólares por barril, enquanto o petróleo WTI caiu 1,56 dólar, ou 2%, em relação ao fechamento de quarta-feira, para 75,54 dólares. Não houve liquidação para o WTI na quinta-feira, devido ao feriado de Ação de Graças nos EUA.

O primeiro grupo de reféns libertados do cativeiro em Gaza retornou a Israel na sexta-feira, no primeiro dia de uma trégua planejada de quatro dias, durante a qual deverão ocorrer outras trocas de reféns por detentos palestinos.

“O fato de eles terem seguido adiante foi significativo para reduzir o prêmio de risco”, disse John Kilduff, sócio da Again Capital LLC, em Nova York.

Ambos os contratos tiveram seu primeiro ganho semanal em cinco semanas, já que a Opep+ se prepara para uma reunião que terá os cortes de produção como prioridade na agenda, após as recentes quedas do preço devido a preocupações com a demanda e o aumento da oferta, principalmente de produtores não pertencentes à Opep.

(Imagem: unsplash/Delfino Barboza)

O grupo Opep+, composto pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados, incluindo a Rússia, surpreendeu o mercado na quarta-feira ao adiar sua reunião do dia 26 para 30 de novembro, depois que os produtores tiveram dificuldades para chegar a um consenso sobre os níveis de produção.

A Opep+ se aproximou de um acordo com os produtores de petróleo africanos sobre os níveis de produção para 2024, disseram três fontes da Opep+ à Reuters.

“O resultado mais provável agora parece ser uma extensão dos cortes existentes”, disse o analista do IG, Tony Sycamore.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.