Home Economia e Política PIB dos EUA no 1º tri é revisado para baixo

PIB dos EUA no 1º tri é revisado para baixo

A revisão para baixo do PIB faz com que a taxa de crescimento do primeiro trimestre seja a mais fraca desde o segundo trimestre de 2022

por Reuters
0 comentário

O PIB dos EUA cresceu mais lentamente no primeiro trimestre do que o estimado anteriormente após revisões para baixo dos gastos dos consumidores, informou o Departamento de Comércio nesta quinta-feira.

O Produto Interno Bruto cresceu a uma taxa anualizada de 1,3% de janeiro a março, abaixo da estimativa prévia de 1,6% e notavelmente mais lento do que o ritmo de 3,4% nos últimos três meses de 2023.

A revisão do crescimento no primeiro trimestre seguiu-se à recente fraqueza nas leituras das vendas no varejo e dos gastos com equipamentos.

Uma medida da inflação durante o primeiro trimestre foi revisada para baixo, de 3,4% para 3,3%, o aumento trimestral mais rígido da pressão dos preços em um ano.

PIB dos EUA no primeiro trimestre

Impacto do PIB

Após se atenuarem durante a maioria do ano passado, as medidas de inflação ficaram mais altas do que o esperado para o início de 2024, o que levou as autoridades do Federal Reserve a adiarem as expectativas de quando poderão fazer cortes na taxa de juros.

A revisão para baixo do PIB faz com que a taxa de crescimento do primeiro trimestre seja a mais fraca desde o segundo trimestre de 2022, quando a economia contraiu, e deixa a produção abaixo da taxa de 1,8% que as autoridades do Fed consideram como seu potencial não inflacionário de longo prazo.

Entretanto, não se espera que o início brando do ano tenha persistido no atual segundo trimestre, graças, em parte, à força contínua do mercado de trabalho.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.