Podcast: Dívidas, planejamento e investimentosA edição de hoje do “Futura Dinheiro”, versão on-line do programa semanal que vai ao ar, ao vivo, todas as terças-feiras às 11h na Rádio Futura FM 106,9, traz diversas dúvidas de ouvintes e leitores. O formato do podcast hoje está diferente, já que decidimos focar no contato direto com as mensagens de ouvintes e as respondemos com muita atenção e carinho. A idéia foi reunir e-mails e comentários recorrentes, de forma que as palavras possam servir para os ouvintes que enviaram as dúvidas, mas também a todos os que nos ouvem.

O podcast de hoje está imperdível! Nele abordamos os seguintes temas e pontos de discussão:

  • Comemoro com você a conquista do livro “Vamos falar de Dinheiro?”. O livro aparece como o mais vendido da Novatec Editora na categoria Negócios! Obrigado pelo apoio.
  • A dívida recorrente, aquela que reaparece mesmo depois de o cidadão ter vivido problemas sérios, é uma questão apenas financeira? Vender bens para sair das dívidas pode ser uma alternativa interessante? Quando?
  • Um ouvinte apresenta sua história: financiou o carro em 72 parcelas, não se deu conta de que a despesa com o veículo não vem apenas dos carnês e ainda perdeu o emprego. A falta de planejamento colaborou para o triste desfecho da história? Como isso poderia ter sido evitado? O que fazer?
  • Investidores que mantém seu dinheiro em apenas um produto ou alternativa financeira correm algum risco? Um leitor nos conta sua história sobre investimentos conservadores e levanta uma questão: será que arriscar um pouco mais poderia ter feito seu capital aumentar ainda mais?
  • Ressalto a importância de planejar o crescimento dos filhos. Investir um pouquinho, com disciplina e perseverança, pode garantir um futuro bem mais tranquilo chegar a hora do vestibular. Uma ouvinte tenta justamente conhecer as alternativas de investimento neste sentido para se planejar;
  • Volto a alimentar a polêmica sobre aluguel ou compra da casa própria, agora tratando da vida dos que estão prestes a se casar. Para quem vai começar sua vida, vale a pena alugar ou já entrar em um financiamento? A disciplina e a matemática financeira contam para o lado do aluguel; a emoção e os valores pessoais para o lado da compra financiada. Como equilibrar essa realidade? Há certo ou errado?
  • Esclareço uma dúvida simples, mas recorrente, sobre os financiamentos em geral. Entenda a diferença entre o SAC e a Tabela Price, modelos de financiamento com amortização bastante comuns nos dias de hoje;
  • Como deve ser a relação entre gerentes de banco e clientes? Veja minha opinião sobre profissionais que oferecem vantagens aos seus clientes em troca de ajuda para o cumprimento de metas;
  • Investir em ações é coisa para especialistas? Qual o papel da corretora? O que o investidor deve saber para começar?
  • Uma grande herança em dinheiro pode ser um problema para os cidadãos pouco preparados em relação ao planejamento financeiro. Transformar o capital em razão de felicidade e tranquilidade requer boa dose de disciplina e cuidados com o padrão de vida.

[powerpress]

Podcast: Download (17,2 MB)

Se você gosta de ouvir aos podcasts em seu MP3 Player, iPod ou iTunes, assine o RSS direto dos arquivos via iTunes (Apple Store) ou pelo link https://dinheirama.com/feed/podcast e receba os novos episódios automaticamente.

Obrigado e até a próxima.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários