Podcast: Nova CPMF, juros bancários, metas e como limpar seu nomeA edição de hoje do “Futura Dinheiro”, versão on-line do programa semanal que vai ao ar, ao vivo, todas as terças-feiras às 11h na Rádio Futura FM 106,9, traz importantes notícias sobre finanças e economia que podem influenciar bastante o seu dia a dia. Elaboramos melhor a apresentação dos temas, agora no início do programa, e também o formato do podcast, que continua privilegiando dúvidas e informações repassadas por leitores e ouvintes. Hoje tratamos, dentre outras coisas, da possibilidade de entrar em vigor a “nova CPMF” e dos juros praticados pelos bancos públicos.

O podcast de hoje está imperdível! Nele abordamos os seguintes temas e pontos de discussão:

  • A idade deve ser um dos fatores considerados por aqueles que desejam arriscar mais e investir em produtos mais sofisticados? O que mais o investidor[bb] deve levar em consideração quando avaliar as alternativas de investimento disponíveis e seu risco?
  • O Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, pede que a CSS (Contribuição Social para a Saúde), apelidada de “nova CPMF”, seja regulamentada até o final de setembro. Será que ela vai vingar? Em que ela mudaria a situação atual da saúde brasileira? Não parece mais razoável exigir que o governo e a máquina pública sejam geridos com mais eficiência?
  • Os juros práticos pelos bancos públicos estão em patamares bem mais baixos que os de seus concorrentes privados. A diferença foi constatada através de pesquisa realizada pela FIESP (Federação das Indústrias do Estão de São Paulo). O que isso representa para nossa economia? Será que a concorrência vai seguir o mesmo caminho?
  • O Anderson pergunta se sustentar mais de uma poupança, por vezes em bancos diferentes, pode ser interessante? Há alguma diferença na rentabilidade de cadernetas em instituições diferentes?
  • Priorizar objetivos é tão importante quando sustentá-los e respeitá-los. Veja o que diz a ouvinte Marília, que pretende reformar sua casa, mas também comprar um carro zero. Ela tem uma reserva de emergência, mas está inclinada a vender o carro usado para investir na reforma e então assumir parcelas de R$ 700,00 por 60 meses para sair com um carro novo. Marília, calma lá!
  • O leitor Marco Antonio nos questiona sobre as alternativas de investimento de baixo risco, conservadoras.
  • Ter um cheque não compensado por insuficiência de saldo costuma gerar muita dor de cabeça. O ouvinte Fernando passou por isso e quer algumas dicas sobre como ele pode “limpar” seu nome dos cadastros negativos e resolver sua situação. As dicas são no sentido de facilitar o processo, mas será preciso deixar de lado a preguiça e correr atrás do credor.

[powerpress]

Podcast: Download (13,2 MB)

Se você gosta de ouvir aos podcasts em seu MP3 Player, iPod ou iTunes, assine o RSS direto dos arquivos via iTunes (Apple Store) ou pelo link https://dinheirama.com/feed/podcast e receba os novos episódios automaticamente.

Obrigado e até a próxima.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários