Em meu artigo de estreia no Dinheirama, gostaria de falar sobre algo que me faz acreditar no potencial das pessoas e me motiva a continuar empreendendo, por onde quer que eu passe (como professor, jornalista ou produtor cultural): o poder das ideias.

Uma ideia é, antes de mais nada, a condição principal para que haja mudança de hábitos e criação de riquezas. Da mesma forma que um combustível em um automóvel, ela, surpreendentemente, faz o motor da mente (e, também, da vida) funcionar. Por isso, é necessário cultivar ideias: quanto mais existirem, melhor será, quem sabe, o bem-estar das pessoas.

Leitura recomendada: Você pode ficar sem emprego, mas não sem trabalho

Embora pareça difícil entender o poder das ideias, seja por falta de instrução, seja por preguiça declarada, colocá-las em prática é, certamente, uma ação simples. Enquanto existirem necessidades e pessoas, sempre haverá espaço para a inovação. Em outras palavras, a criação é o que caracteriza e move a humanidade.

Contanto que haja um desejo, forte e definido, e meios para a realização do mesmo, sonhos podem, sim, ser tangíveis. Dessa forma, não há distinção clara ou definitiva entre “dentro” e “fora”, “próximo” ou “distante”, para uma mente que se exercita e planeja, com determinação, o alcance de suas metas.

A Internet, ao facilitar a vida de milhões de pessoas através da disponibilização de informações e acesso ao conhecimento, diminuindo fronteiras, é um exemplo de como uma ideia bem-sucedida tem poder para ir além, inclusive, da própria cabeça que a originou.

Portanto, são as ideias que fazem as pessoas serem o que são, com um potencial praticamente infinito para a criação de novas realidades e a superação de sua precária condição natural. Assim, é preciso trabalhar com afinco o hábito de desenvolver e aplicar ideias. Dessa maneira, talvez, o ser humano consiga atingir seu maior objetivo: ser feliz.

Workshop online gratuito: finanças pessoais e empreendedorismo

Abaixo compartilho uma imagem do meu projeto @reenquadro (acompanhe mais no Instagram), que ilustra bem o que eu quis dizer neste primeiro contato com você:

Poder criar ideias: uma condição humana

Caro leitor, espero que essa reflexão tenha sido útil para você. Eis o que pretendo trazer para contribuir com o projeto Dinheirama: reflexões sobre empreendedorismo, novas tecnologias e a capacidade humana de pensar. Até a próxima!

Foto “Ideas”, Shutterstock.

Renato Bressan
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários