Home Economia e Política Popularidade de Lula tem leve melhora em junho, diz Datafolha

Popularidade de Lula tem leve melhora em junho, diz Datafolha

Em março, 39% previam melhora; 27%, uma piora; e 32% avaliavam que tudo ficaria igual

por Reuters
3 min leitura

A popularidade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva interrompeu tendência negativa registrada desde o fim do ano passado e apresentou ligeira melhora em junho, mostrou pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira, apontando que sua aprovação se descolou da reprovação.

De acordo com o levantamento, 36% avaliam o governo Lula como “√≥timo” ou “bom”, pequena oscila√ß√£o ante os 35% verificados em mar√ßo.

A reprova√ß√£o aqueles que consideram a gest√£o “ruim” ou “p√©ssima” passou de 33% na rodada anterior para 31%.

Os que avaliam o trabalho do governo como regular saíram de 30% para 31%.

Ainda que as varia√ß√Ķes tenham ocorrido dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, os dados apontam um afastamento entre os dois medidores e uma estabilidade na popularidade do presidente.

Os √≠ndices relacionados √† economia tamb√©m apresentaram const√Ęncia.

Para 40% dos entrevistados, há expectativa positiva para a área, enquanto 28% esperam uma piora e 27% consideram que não haverá mudança.

Em março, 39% previam melhora; 27%, uma piora; e 32% avaliavam que tudo ficaria igual.

A pesquisa foi realizada com 2.008 entrevistados de 16 anos ou mais em 113 entre os dias 4 e 13 deste mês.

Veja o documento:

O Dinheirama √© o melhor portal de conte√ļdo para voc√™ que precisa aprender finan√ßas, mas nunca teve facilidade com os n√ļmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informa√ß√£o e atesta a apura√ß√£o de todo o conte√ļdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que n√£o faz qualquer tipo de recomenda√ß√£o de investimento, n√£o se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.