Home Empresas Positivo conclui aquisição da Algar Tech MSP

Positivo conclui aquisição da Algar Tech MSP

De acordo com o executivo, a empresa estima concluir a integração com a Algar Tech MSP ainda nos primeiros doze meses de operação

por Reuters
0 comentário

A Positivo Tecnologia (POSI3) informou nesta segunda-feira que concluiu a aquisição da Algar Tech MSP, braço de serviços gerenciados de tecnologia da informação da Algar Tech, do Grupo Algar, após obter aprovação de órgãos reguladores sobre o acordo de 235 milhões de reais.

A operação expande a participação da receita de serviços e soluções de TI da Positivo para aproximadamente 18% do total, de cerca de 8%, em meio a uma estratégia de diversificação adotada pela companhia.

“A primeira etapa é de estabilização, em que a gente vai incorporar a Algar (MSP)”, afirmou o vice-presidente de estratégia da Positivo, Leandro Rosa dos Santos, à Reuters.

“A segunda etapa envolve a gente fazer ‘cross-sell’ entre o produto que a Positivo tem e o serviço que a gente tem agora com a compra da Algar (MSP).”

Segundo a Positivo, o plano é que negócios emergentes, especialmente as áreas de hardware as a service (HaaS) e serviços gerenciados de TI, se tornem responsáveis por 40% do faturamento total da empresa nos próximos três a cinco anos, sendo que em 2023 essa divisão representou 18%.

Com a aquisição, a empresa vai incorporar 165 clientes corporativos e ampliar sua atuação para 17 países na América Latina, incluindo México e Colômbia, com potencial de expansão para outras regiões, segundo Rosa dos Santos.

“A gente espera poder, através dessa aquisição também, oferecer tecnologia para o mercado brasileiro, para a América Latina e, quem sabe, até além, no futuro”, afirmou.

De acordo com o executivo, a empresa estima concluir a integração com a Algar Tech MSP ainda nos primeiros doze meses de operação.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.